Erbil

Universidade católica será inaugurada no Iraque em 8 de dezembro

Arquidiocese de Erbil, no Iraque, convida para a inauguração da universidade católica, que ocupará uma área de 30 mil m²

Da Redação, com Rádio Vaticano

A inauguração da Universidade Católica de Erbil, no Curdistão iraquiano, está marcada para o próximo 8 de dezembro. A arquidiocese caldeia local convida todos a participarem da inauguração do polo de educação e para se unirem a um “percurso educativo que levará muitos a um futuro de prosperidade e de paz”.

A pedra fundamental da universidade foi colocada em Ankawa, bairro de Erbil, em 20 de outubro de 2012. A instituição de ensino ocupará uma área de 30 mil m², colocados à disposição pela Igreja Caldeia.

Após o Sínodo sobre o Oriente Médio, realizado em Roma em 2010, haviam sido realizados os primeiros contatos com a Universitè Saint-Esprit, de Kaslik, o renomado Ateneu maronita localizado no Líbano, para pedir ajuda e orientação para a implementação do projeto. O objetivo era o de criar um polo de ensino universitário privado, aberto a todos, conforme as exigências do mercado e estreitamente associado à pesquisa científica. O arcebispo Warda estimava, na época, a conclusão dos trabalhos até o final de 2015, também com a intenção de oferecer aos jovens iraquianos cristãos a possibilidade de continuar a testemunhar o dom da fé em suas terras.

A avançada do EI não parou o projeto

As dramáticas convulsões que sacudiram o Iraque setentrional, transformando Ankawa em local de refúgio para milhares de cristãos fugidos da Planície de Nínive das milícias do Estado Islâmico, não foram capazes de parar o projeto.

Este foi um sinal de que os cristãos iraquianos ainda continuam, apesar de tudo, a ter confiança em um futuro de paz, em que possam confessar a fé em Cristo, convivendo em harmonia com os próprios conterrâneos muçulmanos e de outras confissões religiosas.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo