Acampamento

Gratidão e celebração são propostas de Ano Novo na Canção Nova

Acampamento celebrará o fim de 2017 e o início de 2018, quando serão comemorados os 40 anos da Canção Nova

Julia Beck
Da redação

A Canção Nova espera receber cerca de 15 mil pessoas para o Acampamento de Ano Novo /Foto: Arquivo CN

Primeiro agradecer, depois celebrar. Esta é a proposta do Acampamento de Ano Novo da Comunidade Canção Nova que começa nesta sexta-feira, 29, e tem como diferencial a passagem do ano de 2017 para 2018 na presença de Deus, segundo o padre missionário da comunidade Canção Nova, Gilberto Duarte, que estará presente no evento. 

“Como diz o tema do nosso acampamento – ‘É feliz quem a Deus se confia’ – quando nós nos colocamos em oração, em um encontro, na presença de Deus, isso já demonstra a confiança que temos Nele”, afirmou o sacerdote, que aponta o sentimento de gratidão, apesar das crises sociais, políticas e estruturais vividas em 2017, como uma das principais vertentes do acampamento. “Quando temos um coração grato, que traz a gratidão e o amor a Deus, nós sabemos agradecer e não paramos só nos pedidos”, comentou.

Padre Gilberto Duarte celebrará a missa de abertura do Acampamento de Ano Novo da Canção Nova /Foto: Wesley Almeida /Arquivo CN

Para o sacerdote, gratidão é reconhecer a presença de Deus na superação das dificuldades e problemas, e, nunca perder a esperança. “Para nós cristãos, mesmo olhando todas as dificuldades políticas e sociais que nós enfrentamos no nosso Brasil e no mundo, nós nunca podemos perder a esperança porque Deus é capaz de mudar todas as realidades”, lembrou o sacerdote. Ele acrescentou que, ao alimentar o coração de esperança, o ser humano muda a si e às realidades do mundo.

O Acampamento de Ano Novo será, de acordo com o sacerdote, uma oportunidade de entregar e confiar tudo que foi vivido em 2018 à graça e misericórdia de Deus. “Enquanto muitos estarão pelo mundo afora festejando, mas muitas vezes da maneira errada, (…) a Canção Nova proporciona esse encontro para que já se comece o ano de maneira diferente, na presença de Deus, para que todo o ano seja também na presença Dele”, explicou.

Do chamado à celebração

O ano de 2017 da Canção Nova foi de comemoração ao chamado realizado há 40 anos por Monsenhor Jonas Abib, que deu início à Comunidade. A festividade teve seu ápice no domingo de Cristo Rei, comemorado no dia 26 de novembro deste ano, e fez memória ao exato local e momento em que o convite para seguir Jesus, mais de perto, foi realizado pelo fundador da Canção Nova.

Missa celebrada em novembro de 2017, em Queluz, interior de SP, em ação de graças pelos 40 anos do chamado /Foto: Julia Beck /Arquivo CN

Com o encerramento do ano, 2018 surgirá como o ano de celebração dos 40 anos da Canção Nova – iniciada no dia 2 de fevereiro de 1978 —, e terá grande significado para fiéis, colaboradores, sócios e membros da comunidade Canção Nova. “Quarenta anos que Deus confirma que esta forma de vida, entrega e consagração é da vontade de Deus e nos torna mais santos”, destacou padre Gilberto.

“A expectativa que nós temos é de, com certeza, renovar este nosso ser comunidade, porque uma vez que nós celebramos algo na Igreja, na nossa fé e no carisma, é o desejo de Deus poder nos dar a graça de vivermos com maior fidelidade este chamado, este carisma Canção Nova que nos é dado pelo Espírito Santo. Com certeza buscaremos festejar juntos o ‘ser comunidade’ e estaremos juntos como irmãos”, contou o sacerdote.

Segundo a Superintendente de Marketing da Fundação João Paulo II e também membro da Comunidade Canção Nova, Mosângela Amorim Galdino, o planejamento para as comemorações dos 40 anos foi iniciado em maio de 2017 e terá ações que envolverão todos que fizeram ou fazem parte desta história. “Então todos aqueles que contribuem com a manutenção da Canção Nova, aqueles que divulgam, aqueles que de alguma forma direta ou indireta nos ajudam, eles fazem parte destes 40 anos. (…) Graças a cada uma dessas pessoas que nós chegamos nestes 40 anos”, afirmou.

40 anos Canção Nova

Placa comemorativa presente na parte interna da Canção Nova /Foto: Julia Beck – Canção Nova

O grande desafio para a celebração dos 40 anos da Canção Nova será, de acordo com Mosângela, o envolvimento de todos os sócios, telespectadores, missionários, colaboradores, e voluntários de todo o Brasil e também do mundo. Para que o corpo Canção Nova viva em conjunto esta comemoração, com atividades comemorativas unificadas durante todo o ano de 2018.

No dia 2 de fevereiro, todas as casas de missão da Canção Nova celebrarão a missa do compromisso, ápice da festividade dos 40 anos. Ao longo do ano, uma linha de produtos dos 40 anos será lançada, a grade da TV reformulada – trazendo toda a origem e essência do que é a Canção Nova –, acontecerão eventos temáticos na sede da comunidade — como Quintas-Feiras de Adoração com pregadores que falarão sobre a comemoração —, e toda a identidade visual da Canção Nova – tanto a parte interna como a externa – será alterada com o tema da celebração dos 40 anos.

A missionária acrescenta que toda a programação seguiu as expectativas do Monsenhor Jonas e dos membros do conselho da Canção Nova. “A partir da inspiração do que ele trazia, nós reunimos nossa equipe de criação, design e marketing e desenvolvemos as atividades. A essência da Canção Nova é o que ele pediu”, contou.

Especial 40 Anos Canção Nova

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo