Último dia da Jornada PHN

Conhecer, experimentar e anunciar Jesus é proposta da trilha PHN

Atividade que faz parte da Jornada PHN aconteceu na manhã desta terça-feira e contou com a participação de aproximadamente 80 jovens

Julia Beck
Da redação

Jovens durante trilha da Jornada PHN 2018/ Foto: Julia Beck – Canção Nova

“É essa experiência que está sendo proposta para esses jovens que aqui estão: primeiro conhecer, segundo experimentar e o terceiro anunciar [Jesus]”. A frase é do missionário Astromar Miranda, membro do Movimento Mariana Braga, responsável por conduzir os momentos de oração da trilha da Jornada PHN, realizada nesta terça-feira, 17. A atividade reuniu cerca de 80 jovens em uma caminhada de aproximadamente 4 km em um espaço próximo à Chácara Santa Cruz, sede da Canção Nova.

Leia mais
.: Jovens participam da Jornada PHN e do evento Shekiná
.: Jornada PHN proporciona momentos de espiritualidade aliada ao esporte
.: Jornada PHN terá cursos e workshops de formação musical

Sobre as três motivações da trilha, Miranda explicou-as individualmente. O primeiro, elencado pelo missionário como o experimentar, é um convite aos jovens para que experimentassem Deus de alguma forma, no local da trilha. O segundo, o conhecer, é sobre o relacionamento com Deus. “Nós só amamos aquilo que nós conhecemos, então a proposta não é ficar simplesmente na experiência”, comentou. 

Astromar Miranda durante momento de oração na trilha da Jornada PHN 2018/ Foto: Julia Beck – Canção Nova

Anunciar, a proposta final da atividade, foi explicada por Miranda: “A partir do momento que você tem intimidade com Deus, a partir do momento que você conhece Deus, o terceiro passo é definitivo, é anunciar. Não só experimentar, não só conhecer, mas anunciar. A partir deste momento esses jovens são anunciadores. Uma multidão de jovens que sairão anunciando aquilo que Jesus fez na sua vida”, afirmou.

Leia também
.: PHN 20 anos: conheça a história de jovens que participaram do PHN

Com um total de três paradas durante o percurso, a trilha contou com o apoio de missionários da Comunidade Canção Nova, entre eles Kallyne Arnould, cantora que conduziu os momentos musicais da atividade.

Sobre a essência da caminhada, a missionária comenta: “Esse caminhar diz dessa luta, desse crescimento, do por hoje eu não vou mais pecar. Não é que eu não vou mais pecar, porque eu já pequei, é a decisão de não mais pecar por hoje. Então essa caminhada, é essa luta diária de não mais pecar, é uma decisão”.

Leia também
.: PHN:uma inspiração que completa 20 anos de história
.: PHN 20 anos: conheça a história de jovens que participaram do PHN
.: Conheça as histórias de vidas transformadas pelo PHN
.: PHN 20 anos: Dunga recorda história do acampamento

Jovens durante a segunda parada da trilha da Jornada PHN 2018/ Foto: Julia Beck – Canção Nova

Experiências

Pela primeira vez em Cachoeira Paulista para o PHN 2018, Andreza Nunes, de Imperatriz, no Maranhão, comentou sobre a experiência vivida durante a trilha. “Foi um momento de profundidade e de reencontro de uma intimidade com o Senhor. É a minha primeira vez na Canção Nova, então foi bem diferente”, contou.

Leia mais
.: Canção Nova espera receber 180 mil pessoas no PHN 2018

Harrison Silva, da capital paulista, confidenciou que a atividade o reanimou a continuar no trabalho que realiza no Ministério de Música de sua paróquia. “O momento foi tão forte pra mim, é como se Deus me renovasse para continuar. Eu vim aqui com o desejo de recomeçar, de tentar, mas o medo era tão forte, e eu acho que a partir de hoje Deus me deu a coragem para continuar”, partilhou Harrison.

Leia também
.: Tema do PHN 2018 brota do coração de Dom Bosco, diz padre salesiano

O tema da trilha foi de encontro ao tema do Ano Nacional do Laicato, “Sal da terra e luz do mundo” (Mt 5, 13-14), e foi, de acordo com Miranda, o despertar da vocação anunciadora dos jovens. “A partir deste momento [final da trilha], nós assumimos ser sal da terra e luz do mundo”, concluiu.

Acesse aqui a programação completa da Jornada PHN.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo
Cobertura PHN