Acampamento

Jornada PHN terá cursos e workshops de formação musical

“Musicando no PHN” será opção de cursos e workshops de música para os jovens que já estarão na sede da Canção Nova para o PHN 20 anos

Da Redação 

Os jovens que estarão na Canção Nova para a Jornada PHN e para o Acampamento PHN, sejam eles músicos ou com interesse na área, terão uma novidade neste ano: poderão participar de oficinas de músicas no “Musicando no PHN”. Os cursos e workshops estão dentro das atividades da Jornada PHN. 

De acordo com o Diretor da Escola de Música da Canção Nova, Enilson Martins Benício, o evento é uma oportunidade para as pessoas aumentarem sua formação musical participando desses cursos. “Além de toda a espiritualidade, palestras e shows, trazer o benefício de estudar música conosco”, destaca.

Confira mais detalhes na reportagem de Adilson Sabará e Gilson Oliveira

Enilson conta que a Escola de Música Canção Nova ministra aulas de bateria, violão, teclado, técnica vocal, teoria musical e flauta e são abertas para o público em geral. “As inscrições acontecem no início do ano. Há um teste de aptidão que fazemos. As pessoas que passam neste teste são classificadas para fazer as aulas. Elas, então, estudam durante o ano todo com nossos músicos de dentro do ministério, outros voluntários que se dispuseram a dar aulas para essas pessoas”.

A música é um poderoso meio de comunicação

Ele lembra que o fundador da Comunidade Canção Nova, monsenhor Jonas Abib, sempre ensinou que a música é um meio poderoso de evangelização, um meio de entrar no coração das pessoas. 

“A música é uma expressão de arte que, por meio dos sons, leva muito mais do que os sentimentos, uma mensagem. Sobretudo, a música cantada, aquela que fazemos no dia a dia de nossos encontros. A música tem este poder de abrir espaço no coração das pessoas e entrar. Padre Jonas nos fala sempre que o ministério de música é a ponta da lança para a Palavra de Deus entrar no coração das pessoas”.

Diante disso, Enilson explica que o fato de aprender a tocar um instrumento ou se aperfeiçoar é como a pessoa que afia uma faca e faz seu instrumento funcionar melhor e com todo seu potencial.

“Não suportamos ouvir um instrumento desafinado, então quanto mais afinado, bem tocado, uma voz bem trabalhada, melhor aquela mensagem entrará na vida das pessoas. Encontramos mais isto nos jovens, este interesse de trabalhar com a música. Então, o fato de um jovem aprender música e se aperfeiçoar acaba se tornando uma referência dupla: referência como pessoa, jovem de Deus é referência de Deus para os outros, e leva a música de Deus para os outros”, destaca.

Para participar do musicando haverá uma taxa de inscrição. No site de inscrição, os interessados terão um desconto se optarem por dois cursos. “Recomendamos mesmo que para a formação da pessoa, que ela faça os dois cursos, pois um complementará o outro”, enfatiza Enilson.

São esperados cerca de 20 participantes por curso, nos horários da manhã e, também, da tarde.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo
Cobertura PHN