window.dataLayer = window.dataLayer || []; function gtag(){dataLayer.push(arguments);} gtag('js', new Date()); gtag('config', 'G-EZJ58SP047'); window.dataLayer = window.dataLayer || []; function gtag(){dataLayer.push(arguments);} gtag('js', new Date()); gtag('config', 'G-EZJ58SP047');

Alimentando a esperança

Órgão da caridade do Papa leva 2 mil pessoas para espetáculo de circo

Entre as pessoas convidadas, há refugiados, sem-teto, encarcerados, famílias com crianças da Ucrânia, Síria, Congo e Sudão

Da redação, com Vatican News

Foto: Dannie Jing na Unsplash

Cerca de duas mil pessoas foram convidadas pela Esmola Apostólica para participar no sábado, 11, em nome do Papa, do espetáculo de circo Rony Roller. Entre as pessoas convidadas, informa um comunicado do Dicastério da Caridade, há refugiados, sem-teto, encarcerados, famílias com crianças da Ucrânia, Síria, Congo e Sudão. Haverá também algumas famílias que vivem em edifícios ocupados em Roma, mais de 150 pessoas das ruas de Torvaianica e de vários dormitórios, acompanhadas por voluntários, dentre as quais as Irmãs de Madre Teresa.

O espetáculo circense “nos põe em contato com a beleza que sempre nos anima”, disse o Papa em um encontro com os artistas. “Faz-nos ir mais longe, é um caminho para chegar ao Senhor”. Segundo o Cardeal Konrad Krajewski, tornar possível a participação neste espetáculo é uma forma de dar algumas horas de serenidade a quem enfrenta uma vida difícil e precisa de ajuda para alimentar a esperança.

O espetáculo também lembra como por trás dessa arte e dessa beleza há horas e horas de treinamento, renúncias, para alcançar a meta: “Os artistas de Circo são a confirmação de que a perseverança pode tornar possível o impossível”.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo