Cardeal Dom Raymundo Damasceno Assis

Dom Damasceno garante ao Papa oração do episcopado brasileiro

Igreja no Brasil coloca-se em oração

O episcopado brasileiro, juntamente com seus fiéis, colocam-se em oração após o comunicado oficial da renúncia de Bento XVI. O presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil – CNBB –, Cardeal Dom Raymundo Damasceno Assis, garantiu que os bispos brasileiros estão em oração agradecendo a Deus pelo dom do ministério do Pontífice.

Confira a abaixo as palavras do presidente da CNBB:

“Para nós, no Brasil, creio que, também como em todo o mundo, esta notícia da renúncia do Papa Bento XVI , prevista para o dia 28 de fevereiro, foi recebida evidentemente com muita surpresa. Nós, por outro lado, acolhemos esta decisão do Santo Padre pelas razões que ele mesmo apresentou motivando sua renúncia, dizendo que, neste momento, sente-se debilitado do ponto de vista físico e também fragilizado nesse “ânimo” de estar à frente da Igreja devido às exigências, às responsabilidades desse cargo. De modo que o Santo Padre, num gesto que, eu diria, de humildade e coragem, preferiu deixar o exercício do ministério petrino para o seu sucessor, certamente pensando no bem da Igreja, com sua consciência tranquila de ter procurado cumprir esses sete anos à frente da Igreja.

Nós podemos dizer que seu pontificado é muito rico por aquilo que ele vai nos deixar, com suas encíclicas, suas homilias, as catequeses, com suas mensagens durante as viagens apostólicas. A nossa atitude, neste momento, é de agradecimento a Deus pelo dom do ministério do Papa Bento XVI, a quem estamos unidos em plena comunhão, ao mesmo tempo que lhe asseguramos também as nossas orações”.

 

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo