PHN 20 anos

O PHN transforma a vida das pessoas, testemunha jovem

Acampamento está em seu segundo dia; jovens contam sua percepção sobre o evento que completa 20 anos em 2018

Thiago Coutinho
Da redação

Área de camping cheia no segundo dia do Acampamento PHN  2018/ Foto: Thiago Coutinho (CN)

Em seu segundo dia, o Acampamento PHN reúne centenas de jovens, nesta edição em que o evento completa vinte anos. Até domingo, 22, a sede da Comunidade Canção Nova, em Cachoeira Paulista (SP) receberá jovens e fiéis das mais diversas idades, de todo o país, para juntos colocarem a proposta do PHN em prática: “Por hoje não vou mais pecar”.

Ricardo Pilber, 25, veio pela quarta vez ao Acampamento. Mas, desta vez, trouxe a noiva, Vanessa Pelegrine, 30, que fez sua estreia no PHN. “Já conhecia [o PHN], pela tevê e rádio, e o que sempre me chamou atenção foi a mensagem que sempre nos passaram, de paz, segurança”, afirma Ricardo. Ele e a noiva vieram de Francisco Beltrão (PR) e enfrentaram 18 horas de viagem. “O PHN faz a gente se encontrar, gosto deste lado da cura, de vivenciarmos a Palavra”, ressalta Vanessa. 

Já os jovens Alan Luís da Rosa Salgado, João Vitor e Erick Luan, 17, 19 e 14 anos, respectivamente, sentem-se inspirados pelo evento. O trio veio de Campos do Jordão (SP). Alan e João já estiveram em outras edições do Acampamento e incentivaram Erick a acompanhá-los este ano. “Sinto que é Deus nos chamando a viver o PHN para buscarmos a santidade”, explica João Vitor. “O PHN transforma a vida das pessoas. Muitas dão aquele verdadeiro sim à santidade quando chegam aqui”, acrescenta Alan.

João Vitor e Alan Luís sentem que todas as vezes que decidiram participar do Acampamento atenderam a um chamado de Deus. “Todas as vezes que viemos aqui, percebemos que era Deus nos chamando. Espero que isto aconteça no coração de todos os jovens que vieram aqui, que todos procurem a santidade, como fazia Dom Bosco”, salienta João Vitor, que foi vocacionado salesiano em 2017. 

Janaína Barbosa veio ao Acampamento a pedido da filha, Ana Beatriz / Foto: Thiago Coutinho (CN)

Janaína Barbosa, de Bangu (RJ), veio com a filha, Ana Beatriz, 16. A filha foi quem incentivou a mãe a acompanhá-la nesta 20ª edição do PHN. “Eu já seguia a Canção Nova pela tevê. Mas foi a minha filha quem me pediu para vir, cinco meses atrás”, relata Janaína.

A mãe conta que se assustou com o pedido num primeiro momento. “Eu trabalho, ela estuda o dia todo, mas demos um jeito, fizemos a reserva numa pousada e viemos”, diz a mãe de Ana Beatriz. “Eu precisava desta paz daqui, sentia que tinha que vir, não há um lugar como este”, acrescenta Ana.

Diversidade na idade

Apesar de o PHN ter um público predominantemente jovem, não são apenas eles que se sentem atraídos pelo evento. É o caso de Ana Maria Clara, de 83 anos, que chegou à Canção Nova acompanhada da nora, Maria Angélica, 63, professora na rede estadual de ensino em Guarulhos (SP). Elas não vieram para o acampamento, mas Maria conta que se sentiu surpresa ao ver tantos jovens reunidos e, assim que chegou ao PHN, sentiu-se contagiada pelo evento e pela pregação de Dunga. “Na paróquia que frequento, sempre soube que faziam caravanas de jovens para cá, mas não tinha noção de como era isto aqui. É bom demais! Tirei foto de tudo, a quantidade de jovens é maravilhoso”, diz. 

A professora lamenta a realidade de tantos jovens que acabam se envolvendo com as drogas e ressalta, nesse sentido, a importância de eventos como o PHN.  “Um evento como este é para levantá-los. Uma cabeça aqui pode arrebanhar mais quantas?”, indaga Maria Angélica. “Precisamos de coisas assim, a quantidade de jovens aqui é maravilhosa”, acrescenta.

 Programação

O Acampamento PHN acontece até este domingo, 22. Nesta quinta-feira, 19, o missionário e idealizador do evento, Dunga, fez uma pregação no Centro de Evangelização Dom João Hipólito de Moraes. Foi a primeira pregação desta 20ª edição. Ainda pela manhã, teve pregação com Astromar Miranda.

Ainda hoje, pregação com Pitter Di Laura e a Santa Missa às 16h, além de shows com Adriana Arydes e Eliana Ribeiro

Nesta sexta-feira, 23, às 8h, haverá o Espaço Radical, uma parede de escalada de 7 metros, com descida na tirolesa, big jump de 6 metros e um simulador da NASA, além de pregações com Padre Fábio Camargos, Emanuel Stênio, Tiago Marcon, entre outros.

No sábado, 21, Dunga fará uma pregação às 9h15 e um show às 21h. No domingo, 22, padre Marcelo Rossi celebrará a missa às 15h.

A programação completa do evento pode ser conferida aqui

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo
Cobertura PHN