Diálogo inter-religioso

Novo livro de Bento XVI fala sobre diálogo entre judeus e cristãos

Foi apresentado o novo livro do Papa emérito Bento XVI, “Judeus e Cristãos”, diálogos com o rabino Ariel Folger

Da redação, com VaticanNews

Um idoso Pontífice emérito e um jovem rabino na leiga Viena de hoje, trocam correspondência, debatem e encontram-se. “Fui em busca de suas palavras, da ocasião que estas deram origem, dos principais documentos do diálogo entre judeus e cristãos”, explica Elio Guerriero que organizou o novo livro do Papa emérito Bento XVI que apresenta diálogos com o rabino Ariel Folger  “Judeus e cristãos”, das edições San Paolo.

“Dentro de uma humana previsão este diálogo jamais levará à unidade das duas interpretações no contexto da história atual. Esta unidade é reservada somente a Deus no final da História – Bento XVI”.

Elio Guerriero, teólogo e escritor, traduziu e organizou inúmeros textos do Papa Bento XVI, além de ter escrito uma sua biografia. Guerriero pergunta-se com incontestável franqueza na apresentação do livro:

“Na babel da conexão ininterrupta, a quem pode interessar suas palavras que querem ir além dos antigos preconceitos, de rancores que encontram-se à origem de atrocidades cujas assustadoras imagens não parecem suficientes para evitar novos e recorrentes regurgitos de antissemitismo?”.

Ainda assim, explica o escritor, suas palavras deram a volta ao mundo, recordaram a muitas pessoas que o amor é mais forte que o ódio, que colaborando com confiança e esperança, ainda pode-se olhar para o futuro do homem.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo