window.dataLayer = window.dataLayer || []; function gtag(){dataLayer.push(arguments);} gtag('js', new Date()); gtag('config', 'G-EZJ58SP047'); window.dataLayer = window.dataLayer || []; function gtag(){dataLayer.push(arguments);} gtag('js', new Date()); gtag('config', 'G-EZJ58SP047');

IMIGRANTES NA EUROPA

Guarda costeira italiana resgata 1200 migrantes perdidos no mar

Esses imigrantes resgatados, vindos da África do Norte, juntam-se a outros 2 mil resgatados na sexta-feira, 7

Da redação, com Reuters

Guarda costeira da Itália resgata 1200 migrantes no mar em duas operações / Foto: Reprodução Reuters

A guarda costeira italiana conduziu operações de resgate em dois botes perdidos que carregavam um total de 1200 pessoas, nesta segunda-feira, 10, em meio a um crescente número de migrantes que tentam atravessar o Mediterrâneo vindos da África do Norte.

Em um comunicado oficial, a guarda costeira disse ainda que esses imigrantes assistidos serão colocados juntos aos cerca de 2 mil resgatados na sexta-feira, 7. Ambos os barcos em perigo estavam na Área Italiana de Busca e Resgate (SAR, na sigla em inglês), acrescentou.

Leia também
.: Papa: a migração é essencial para o bem-estar do Mediterrâneo

A guarda costeira disse que uma das duas operações foi em um barco de pesca que transportava 800 pessoas a mais de 120 milhas a sudeste de Siracusa, na Sicília.

A operação foi complicada devido à quantidade de pessoas a bordo, disse. Um navio mercante na área também ofereceu apoio às unidades da guarda costeira.

Em uma segunda operação, a guarda costeira prestou socorro a um barco de pesca com 400 pessoas a bordo no mar Jônico, na costa da Calábria, apoiado por dois navios mercantes.

A embarcação, que partiu de Tobruk, na Líbia, na manhã de domingo, 9, foi relatada como estando à deriva e entrando na água pelo serviço de apoio Alarm Phone.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo