window.dataLayer = window.dataLayer || []; function gtag(){dataLayer.push(arguments);} gtag('js', new Date()); gtag('config', 'G-EZJ58SP047'); window.dataLayer = window.dataLayer || []; function gtag(){dataLayer.push(arguments);} gtag('js', new Date()); gtag('config', 'G-EZJ58SP047');

SOLIDARIEDADE

Papa destaca necessidade de ajudar pais com filhos hospitalizados

Francisco enviou mensagem para a inauguração da “Casa Fabrizio Frizzi” em Milão, Itália, que atende pais com filhos hospitalizados

Da redação, com Vatican News

Segundo o Papa Francisco, a ternura dos pais faz diferença quando uma criança se encontra hospitalizada / Foto: Aditya Romansa na Unsplash

O Papa Francisco enviou uma mensagem, nesta sexta-feira, 24, aos amigos e amigas da União Nacional Italiana para o Transporte de Doentes a Lourdes e Santuários Internacionais (Unitalsi) Lombarda, por ocasião da inauguração da Casa Frizzi, um estrutura que acolhe famílias de crianças enfermas hospitalizadas em Milão.

Um ano atrás, o Santo Padre “enviou uma mensagem de apoio à iniciativa de construir uma casa que pudesse acolher as mães e os pais das crianças internadas nos hospitais da cidade”. A casa é dedicada ao apresentador de televisão Fabrizio Frizzi, que faleceu em 2018 e “foi um grande amigo da Unitalsi por quase vinte anos”.

Leia também
.: Papa Francisco saúda crianças da Colônia de Férias no Vaticano
.: Papa recorda crianças ucranianas: maioria não consegue sorrir

A Casa Frizzi foi inaugurada nesta sexta-feira, 24 de março, e esse sonho “tornou-se realidade graças à contribuição de muitos amigos, mas sobretudo graças à tenaz determinação de Vittore De Carli que viveu em sua carne a batalha entre a vida e a morte como ele narra no livro ‘Da escuridão à luz com a força da oração’ publicado pela Livraria Editora Vaticana, que também se tornou a primeira forma concreta de promover a iniciativa Casa Frizzi”.

Acolher com um sorriso quem tem de lidar com a doença

“Hoje, se realiza o sonho de uma casa que possa acolher com um sorriso aqueles que têm de lidar com a doença, especialmente mães e pais que lutam ao lado de seus filhos, muitas vezes muito pequenos. Que as palavras da Carta aos Hebreus estejam sempre vivas no coração de cada um de vocês: “Não se esqueçam da hospitalidade, pois algumas pessoas, graças a ela, sem saber acolheram anjos”, ressalta o Santo Padre no texto.

Segundo Francisco, “quando um menino ou uma menina fica gravemente doente, precisa de cuidados especializados e muitas vezes esses cuidados são encontrados em hospitais longe de casa. No entanto, sabemos como são fundamentais o amor, a ternura e a proximidade da mãe e do pai, além da intervenção de médicos e enfermeiros, para o cuidado e a recuperação de uma criança”.

“Sei que esta casa que hoje se abre está ao lado do Santuário de Nossa Senhora das Graças, um pequeno santuário querido pelos milaneses que recorrem a Maria invocando os dons do céu e o bálsamo para curar as feridas da vida e da sociedade”, sublinha ainda o Papa.

O Pontífice conclui a mensagem pedindo “que Maria seja apoio para todos os pais que se alojarão na Casa Frizzi e seja rosto de ternura e consolação”.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo