window.dataLayer = window.dataLayer || []; function gtag(){dataLayer.push(arguments);} gtag('js', new Date()); gtag('config', 'G-EZJ58SP047'); window.dataLayer = window.dataLayer || []; function gtag(){dataLayer.push(arguments);} gtag('js', new Date()); gtag('config', 'G-EZJ58SP047');

Balanço da reunião

Conselho de Cardeais volta a se reunir com o Papa

Sinodalidade, COP27 e proteção dos menores foram alguns dos temas abordados nos dois dias de reunião do Conselho de Cardeais

Da Redação, com Boletim da Santa Sé

Praça São Pedro, no Vaticano / Foto: Canção Nova Roma

A sala de imprensa da Santa Sé divulgou nesta quarta-feira, 7, um balanço da nova reunião do Conselho de Cardeais realizada na Casa Santa Marta, no Vaticano, nos últimos dois dias, 5 e 6. O Papa Francisco participou em ambos os dias.

No primeiro dia de reunião, 5, o Conselho participou da celebração eucarística na Basílica em sufrágio do cardeal ganense Richard Kuuia Baawobr. O cardeal morreu no dia 27 de novembro aos 63 anos de idade, três meses depois de ter sido criado cardeal. Antes, com o Papa, os cardeais se concentraram nos trabalhos da COP27 (a conferência da ONU sobre o clima), realizada no Egito, a partir dos relatos dos cardeais Parolin e Ambongo Besungu.

Ontem, 6, junto com o Papa, os cardeais puderam refletir sobre a fase continental do Sínodo em curso, com o tema “Por uma Igreja sinodal: comunhão, participação e missão”. As reflexões foram a partir de um relatório do Cardeal Mario Grech e dos frutos do percurso sinodal digital elaborado em colaboração com o Dicastério para a Comunicação.

Além do tema do Sínodo, a reunião abordou também o tema da proteção dos menores. O Cardeal O’Malley introduziu os recentes esforços da Comissão para a Proteção dos Menores a serviço das conferências episcopais e da cúria romana. Na parte da tarde, o Cardeal Gracias informou sobre a Conferência da Federação dos Bispos das Conferências Episcopais Asiáticas, realizada em Bangkok em outubro passado.

“O encontro foi uma oportunidade para uma atualização mútua sobre alguns assuntos atuais nas várias áreas geográficas de referência e para uma avaliação global do caminho do Conselho nos últimos anos”, informou a sala de imprensa.

A próxima reunião está agendada para o mês de abril de 2023.

 

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo