Almoço com famílias

Encontro Mundial das Famílias mostra que Igreja está viva, diz Papa

A Igreja é viva mesmo diante das dificuldade porque Jesus é o Senhor da história. Essa foi a mensagem deixada pelo Papa Bento XVI no fim de sua visita a Milão, nesse domingo, 3.

Depois da Celebração Eucarística aos quase um milhão de fiéis e peregrinos, na Praça Bresso, Bento XVI almoçou com cardeais, bispos e cerca de 100 famílias. Foi um encontro privado, por isso, as palavras ditas pelo Santo Padre só foram divulgadas nesta segunda-feira, 4, pelo Boletim da Santa Sé.

Acesse
.: NA ÍNTEGRA: Programa da visita do Papa a Milão
.: Mensagem do Papa Bento XVI para o Encontro Mundial em Milão
.: FOTOS do evento no Flickr

No fim do almoço, os cardeais Angelo Scola e Dionigi Tettamanzi entregaram um presente ao Papa, uma cópia do evangeliário ambrosiano, feito por um artista sob a direção de Dom Umberto Bordoni e que traz em sua capa uma representação iconográfica da Jerusalém celeste.

O Santo Padre agradeceu o presente e disse que era bom, no final, voltarem-se para a Palavra de Deus, que é “a chave para a vida, a chave para pensar e viver”.

“Estamos no clima da verdadeira vida. Gostaria simplesmente de dizer obrigado por tudo aquilo que vivi nestes dias: esta experiência de Igreja viva. Se, em qualquer momento, pode-se pensar que a barca de Pedro realmente esteja a mercê das difíceis adversidades, todavia, é também verdade que vemos como o Senhor está presente, vivo e verdadeiramente ressuscitado”, salientou.

Para Bento XVI, esta experiência de Igreja viva, que vive o amor de Deus, que vive por Cristo Ressuscitado, é o dom deste dias, assim todos devem dar ao Senhor.

Leia mais
.: Próximo Encontro Mundial das Famílias será nos EUA, anuncia Papa
.: Família é chamada a ser como a Santíssima Trindade, explica Papa
.: Bento XVI dá conselhos sobre noivado, casamento e vida em família

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo