window.dataLayer = window.dataLayer || []; function gtag(){dataLayer.push(arguments);} gtag('js', new Date()); gtag('config', 'G-EZJ58SP047'); window.dataLayer = window.dataLayer || []; function gtag(){dataLayer.push(arguments);} gtag('js', new Date()); gtag('config', 'G-EZJ58SP047');

Decreto de Indulgência Plenária para encontro de Milão

Concessão do dom das Indulgências aos fiéis em ocasião do VII Encontro Mundial das Famílias, a ser celebrado em Milão de 30 de maio a 3 de junho de 2012

O Familiare Consortium será celebrado no eminente Encontro Mundial de Milão sobre o tema “A família, o trabalho e a festa”, com a intenção de mostrar como conciliar as exigências da família com os de trabalho e com os dias de festa, especialmente aos domingos, Páscoa semanal, dia do Senhor e dia do homem, dia da família e da comunidade.

A fim de que os fiéis se preparem espiritualmente para participar deste evento da melhor maneira, Sua Santidade Bento XVI concedeu, de bom grado, a eles o dom das indulgências sustentados pelo seguinte dispositivo, uma vez que, verdadeiramente arrependido e estimulado pela caridade, dediquem-se à santificação da família, seguindo o exemplo da Sagrada Família de Jesus, Maria e José.

Concede-se a Indulgência plenária nas condições habituais (confissão sacramental, comunhão Eucarística e oração segundo as intenções do Santo Padre) aos fiéis que, com o espírito desapegado de qualquer pecado, devotamente participarem de qualquer função durante este Encontro Mundial das Famílias, incluindo sua solene conclusão.

Os fiéis impossibilitados de participar de tal evento poderão conseguir a Indulgência Plenária, sob as mesmas condições, ao unirem-se espiritualmente aos fiéis presentes em Milão, recitando em família o “Pai Nosso”, o “Credo” e outras devotas orações, para invocar a Divina Misericórdia às finalidades acima indicadas, particularmente quando as palavras do Pontífice forem transmitidas pela televisão e pelo rádio.

Concede-se, ainda, a Indulgência parcial aos fiéis que de alguma maneira, com o coração arrependido, no tempo indicado rezarem para o bem das famílias.

O presente decreto tem validade para esta ocasião. Não obstante qualquer disposição em contrário.

Dado em Roma, pela Penitenciaria Apostólica, em 17 de maio de 2012, na solenidade da Ascensão do Senhor.

Emmanuel S.R.E. Card. Monteiro de Castro
Paenitentiarius Maior
+ Ioannes Franciscus Girotti, O.F.M. Conv.
Ep. Tit. Metensis, Regens
       

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo