Retiro espiritual

Papa em retiro: Cardeal fala sobre figura do sacerdote e família

Bento XVI participa do penúltimo dia de retiro quaresmal

Da Redação, com Rádio Vaticano

 

Papa em retiro Cardeal fala sobre figura do sacerdote e famíliaNo penúltimo dia dos exercícios espirituais no Vaticano, nesta sexta-feira, 22, o presidente do Pontifício Conselho da Cultura, Cardeal Gianfranco Ravasi, responsável pelas meditações deste ano, centrou sua reflexão sobre a figura do sacerdote, mas também sobre a família e os idosos.  A primeira meditação do dia foi a partir dos Salmos 16 e 73, dois textos sacerdotais que têm no final uma mensagem quaresmal. Em ambos se confessa a fraqueza, o pecado, mas depois se olha à meta final que é a comunhão perfeita com Deus. Descrevendo as características do sacerdote na Torá, o Cardeal se concentrou em um ponto fundamental, que é a presença do sacerdote na sociedade.

Leia mais
:: Reconciliação e penitência são temas do quinto dia do retiro
::Reflexões sobre a fé como adesão consciente
::Cardeal fala sobre a presença de Deus na história
::Veja como foram as primeiras meditações da Quaresma

“O sacerdote deve estar presente na sociedade, propriamente porque é o elo entre Deus e as pessoas, deve ter liberdade de todos os laços e interesse concreto, não deve participar, não deve deixar-se levar nas questões da política, embora presente com o seu testemunho”.

Com relação ao Salmo 73, Dom Ravasi lembrou que nas “coisas santas de Deus” indica-se o caminho para voltar para Ele. Depois das crises vocacionais, ele destacou que se reencontra o caminho antes de tudo na oração, na confiança completa e no abandono ao projeto que o Senhor reserva para cada um, mas em particular na pureza da fé.

Já na segunda meditação, Cardeal Ravasi falou sobre a família. Ele destacou que, infelizmente, a sociedade contemporânea adotou como emblema a “porta blindada”, em que se tem medo de tudo o que está lá fora.  Ele citou a figura do pai, no Salmo 128, como aquele que mantém a família, a mãe sua “vinha fecunda”, aquela que está na intimidade da casa.

O presidente do Pontifício Conselho da Cultura falou ainda dos filhos, sinais da criação e da história da salvação que continua, e também dos idosos, presentes repetidamente no Saltério. Deles se recorda quantos são testemunhas, voz “do braço do seu poder”. Concluindo a meditação, o Cardeal Ravasi recitou um antigo hino tibetano: “o corpo do idoso é um precioso tesouro de canções de fé”

Neste sábado, 23, o Cardeal faz sua última meditação no retiro quaresmal e o Papa Bento XVI fará um discurso, concluindo os Exercícios Espirituais.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo