Contribuições do Papa

Bento XVI e a defesa da vida e da dignidade humana

Encíclicas e discursos de Bento XVI destacam defesa da vida e dignidade humana

CNBB

A luta incansável do Papa Bento XVI em defender a vida e a dignidade humana é atividade constante em seu Pontificado. Buscando expandir a voz profética do antecessor, o Beato João Paulo II, o Sumo Pontífice apresenta ao mundo reflexões que ensinam ao homem sua dignidade de filho de Deus. Entre as contribuições de Bento XVI, estão três preciosas encíclicas: “Deus Caritas Est” (Deus é Amor), “Spe Salvi” (Salvo pela Esperança) e “Caritas in Veritate” (Caridade em Verdade).

Também, nos sucessivos encontros com os diversos Regionais da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), o Papa destacou a urgência de “fecundar e fermentar a sociedade humana com o Evangelho de Cristo”. Em visita “Ad Limina Apostolorum”, com os Bispos brasileiros, realizada no dia 28 de fevereiro de 2010, no Vaticano, o Papa convocou o episcopado, assim como todos os fiéis leigos, a defenderem a vida. “O vosso dever como Bispos junto vosso clero é mediato, enquanto vos compete contribuir para a purificação da razão e o despertar das forças morais necessárias para a construção de uma sociedade justa e fraterna”.

Além disso, Bento XVI tem insistido em seus discursos que as iniciativas da sociedade civil, não devem substituir ou minimizar o empenho de cada cidadão em defesa da dignidade humana. “Seria totalmente falsa e ilusória qualquer defesa dos direitos humanos e políticos, econômicos e sociais que não compreendesse a energética defesa do direito à vida desde a concepção até à morte natural” (cf. Christifideles laici, n. 38).

“Portanto, caros Irmãos no episcopado, ao defender a vida, não devemos temer a oposição e a impopularidade, recusando qualquer compromisso ou ambiguidade que nos conformem com a mentalidade deste mundo”. E, assim como exortou em sua Encíclica “Caritas in veritate”, n. 56, o Papa Bento XVI recordou aos Bispos que “Deus deve encontrar lugar também na esfera pública, nomeadamente nas dimensões cultural, social, econômica e particularmente política”.

O Papa motiva aos fiéis leigos a se empenharem pela defesa da vida e concede ao povo brasileiro, sua Bênção Apostólica: “Confio à Mãe de Deus e nossa, invocada no Brasil sob o título de Nossa Senhora Aparecida, estes anseios da Igreja Católica na Terra de Santa Cruz e de todos os homens de boa vontade em defesa dos valores da vida humana e da sua transcendência[…]”.

Os textos dos pronunciamentos realizados pelo Papa Bento XVI aos Bispos do Brasil e saudações dos Presidentes dos regionais ao Papa, em visitas Ad Limina, de 2009 a 2010, podem ser adquiridos através da publicação “Visitas Ad Limina Apostolorum”, das Edições CNBB. Mais informações: www.edicoescnbb.com.br

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo