window.dataLayer = window.dataLayer || []; function gtag(){dataLayer.push(arguments);} gtag('js', new Date()); gtag('config', 'G-EZJ58SP047'); window.dataLayer = window.dataLayer || []; function gtag(){dataLayer.push(arguments);} gtag('js', new Date()); gtag('config', 'G-EZJ58SP047');

Solidariedade

Vaticano envia ajuda humanitária à Somália

O Pontifício Conselho Cor Unum, que coordena as iniciativas caritativas da Igreja Católica, enviou em nome do Papa Bento XVI uma ajuda de 50 mil euros à Somália, nesta sexta-feira, 15. A soma foi entregue ao Bispo de Gibuti e Administrador Apostólico de Mogadiscio, Dom Giorgio Bertin.

De acordo com o comunicado emitido pelo Pontifício Conselho, esta é uma "pequena e primeira ajuda enviada ao país, já que Bento XVI está acompanhando de perto a grave situação que atinge milhares de pessoas".

No informativo semanal “Octava Dies”, produzido pelo Centro Televisivo Vaticano, o porta-voz da Santa Sé, Padre Federico Lombardi, demonstrou sua preocupação com a seca que assola o país e provoca um dos maiores desastres humanitários de todos os tempos, de acordo com a ONU.

“Em julho de 1989, Dom Salvatore Colombo, Bispo de Mogadiscio, foi assassinado em frente à porta da catedral. Desde então, o administrador apostólico da diocese mora fora do país", conta o porta-voz da Santa Sé.

Segundo ele, em 2003, a enfermeira voluntária Annalena Tonelli também foi assassinada com tiros de fuzil na “Somalialândia”, depois foi a vez da irmã Leonella Sgorbati, morta “invocando o perdão para seus assassinos”, como recordou o Papa Bento XVI, em 7 de janeiro de 2007.

"Estes são apenas três nomes, para dizer que a Igreja Católica está presente e sofre com o povo somali, mas as vítimas inocentes já são incalculáveis", destaca padre Lombardi.

Mesmo que o Papa recorde a Somália todos os anos em seu discurso aos diplomatas, existe a sensação de que a opinião pública mundial e a comunidade internacional se resignaram e abandoram à Somália a própria sorte.

"Nós também procuramos abandona-la, ou as imagens horríveis e os apelos angustiantes destes dias conseguiram reacender o nosso senso de responsabilidade e de solidariedade?”, disse o padre.

Saiba mais

A Somália está localizada na região conhecida como Chifre da Africa Oriental. Estima-se que por causa da forte estiagem, 10 milhões de pessoas necessitem de ajuda humanitária. Até o momento e cerca de 500 mil crianças sofram de má nutrição aguda. A pior situação é a da Somália, mas países vizinhos, como Djibouti, Quênia, Uganda e Etiópia, também estão sendo atingidos.

Algumas das reportagens produzidas pelo Octava Dies são retransmitidas no programa No Coração da Igreja, transmitido pela TV Canção Nova, aos sábados, às 13h, com reprise reprise aos domingos, às 23h30. O conteúdo das reportagens são os acontecimentos da Igreja no mundo inteiro, das atividades do Papa e da Sé Apostólica.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo