window.dataLayer = window.dataLayer || []; function gtag(){dataLayer.push(arguments);} gtag('js', new Date()); gtag('config', 'G-EZJ58SP047'); window.dataLayer = window.dataLayer || []; function gtag(){dataLayer.push(arguments);} gtag('js', new Date()); gtag('config', 'G-EZJ58SP047');

Reunião monástica

Pontifício Conselho Inter-religioso reúne monjas budistas e católicas

Religiosas católicas e budistas se encontram para dialogar sobre vida monástica e presença da mulher no diálogo inter-religioso

Da redação, com Boletim da Santa Sé

Setenta monjas católicas e budistas de Taiwan ― e de países como Brasil, Japão, Coreia do Sul, Índia, Tailândia, Alemanha, Estados Unidos, entre outros ― participarão do Primeiro Diálogo Internacional Budista-Cristão para Monjas (MID, na sigla em inglês), que acontece em Taiwan, de 14 a 18 de outubro.

O Evento é organizado pelo Pontifício Conselho para o Diálogo Inter-religioso (PCID, na sigla em inglês), em colaboração com a Associação das Superioras Gerais de Taiwan e do mosteiro budista Fo Guang Shan.

O tema da conferência é “Ação contemplativa e contemplação ativa: Monjas budistas e cristãs em diálogo”. O dicastério está representado pelo bispo secretário, Dom Miguel Ángel Ayuso Guixot e o subsecretário com responsabilidade pelo budismo, monsenhor Indunil Janakaratne Kodithuwakku Kankanamalage. Uma delegação de 14 monjas monásticas da Ásia, América e Europa será liderada pelo secretário geral do MID, padre William Skudlarek. Por fim, o reverendo Simone Sinn representará o Conselho Mundial das Igrejas, de Genebra.

A agenda do evento inclui, entre outros, os seguintes temas: A Origem, Evolução e os Dias Atuais da Vida Religiosa Monástica para Mulheres Budistas e Cristãs, Abordagens budistas e cristãs para a Ação Contemplativa e Contemplação Ativa (Ação Correta e Conduta Correta), entre outros.

Este diálogo internacional busca alcançar dois objetivos: promover o diálogo da experiência espiritual ou religiosa e criar mais espaço para as mulheres participarem do diálogo inter-religioso.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo