Papa: "economia seja iluminada pela ética e dignidade humana"

O  Papa Francisco enviou uma mensagem à Bienal da Economia Cooperatinha, em Bolonha, na Itália

Da redação, com Rádio Vaticano

“Precisamos de uma economia iluminada pela ética, que coloque em primeiro lugar o respeito pelas pessoas e promova sociedades inclusivas, criativas e respeitosas da dignidade de todos. Caso contrário, a justiça não se pode afirmar e prosperar como um autêntico motor de desenvolvimento”. Foi o que disse o Papa Francisco em uma mensagem enviada à Bienal da Economia Cooperatinha, em Bolonha, na Itália.

O Santo Padre enaltece a iniciativa, que tem o objetivo de abrir uma reflexão sobre a necessidade de uma economia iluminada pela ética e o desenvolvimento integral da pessoa. Ele fez votos que “o mundo das cooperativas se comprometa sempre na promoção de sociedades inclusivas, contribua na realização de uma convivência mais justa e desperte as forças espirituais sem as quais a justiça não pode se afirmar e prosperar”.

A Bienal da Economia Cooperativa é uma ocasião de confronto sobre temas da economia social e desenvolvimento sustentável que envolve vencedores de Nobel, expoentes do governo italiano, economistas, especialistas e estudiosos. O evento é visto como uma ‘porta aberta’ de intercâmbio de experiências passadas e presentes e debates sobre as iniciativas que visam alcançar os 17 objetivos fixados pela ONU para o desenvolvimento sustentável.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo