window.dataLayer = window.dataLayer || []; function gtag(){dataLayer.push(arguments);} gtag('js', new Date()); gtag('config', 'G-EZJ58SP047'); window.dataLayer = window.dataLayer || []; function gtag(){dataLayer.push(arguments);} gtag('js', new Date()); gtag('config', 'G-EZJ58SP047');

On-line

Reunião do Conselho de Cardeais aborda o próximo Sínodo

Papa participou da reunião on-line do Conselho de Cardeais nesta terça-feira

Da Redação, com Boletim da Santa Sé

O Papa Francisco participou nesta terça-feira, 21, de uma nova reunião on-line do Conselho de Cardeais. O Santo Padre participou de forma remota da Casa Santa Marta, onde reside no Vaticano. O Conselho o auxilia no governo da Igreja e reforma da Cúria.

Segundo um comunicado emitido pela Santa Sé nesta quarta-feira, 22, o Pontífice ofereceu uma reflexão sobre a abertura dos trabalhos do próximo Sínodo, sobre a sinodalidade.

O Papa retomou duas intervenções suas identificadas como centrais com relação ao próximo Sínodo. Ele destacou que no coração da reflexão não está tanto o aprofundamento de um ou outro tema, mas o modo de viver a Igreja, marcado em todos os níveis pela escuta mútua e atitude pastoral. E isso, em especial, frente às tentações do clericalismo e da rigidez.

As intervenções dos cardeais exploraram alguns aspectos que tornam o caminho sinodal particularmente necessário nas terras de onde provêm, para superar os sectarismos e os interesses partidários.

Participaram remotamente, de seus países de origem, os cardeais Óscar A. Rodríguez Maradiaga, S.D.B.; Reinhard Marx; Sean Patrick O’Malley, O.F.M. Cap.; Oswald Gracias e Fridolin Ambongo Besungu, O.F.M. Cap. Do Vaticano, estavam coligados os cardeais Pietro Parolin e Giuseppe Bertello, e o secretário do Conselho, Mons. Marco Mellino.

Próxima reunião

O próximo encontro está previsto para o mês de dezembro. Se as condições permitirem, será realizado de forma presencial.

 

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo