Papa recebe sobrevivente de campo de concentração polonês

Enzo Camerino sobreviveu no Campo de Concentração de Auschwitz, na Polônia, durante a Segunda Guerra Mundial

Da redação, com News.va

O Papa Francisco recebeu, nesta sexta-feira, 18, na Casa Santa Marta, onde reside no Vaticano, o romano, Enzo Camerino, que sobreviveu no Campo de Concentração de Auschwitz, na Polônia, durante a Segunda Guerra Mundial. Esteve presente na audiência papal também Andrea Riccardi, fundador da Comunidade romana de Santo Egídio.

A audiência deu-se por ocasião da memória da deportação dos judeus, ocorrida em 16 de outubro de 1943. Enzo Camerino tinha 12 anos de idade quando foi deportado, juntamente com outras crianças e adolescentes para o Campo de Concentração de Auschwitz.

Por ocasião do dia da Memória, Enzo Camerino participará, neste sábado, de uma marcha, promovida pela Comunidade Santo Egídio e pela Comunidade Hebraica de Roma, que terá início às 19.00 hs, hora local, na Basílica de Santa Maria em Trastevere, centro de Roma, e se concluirá na Sinagoga hebraica da capital italiana.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo