Papa recebe peregrinos da Comunidade do Sri Lanka

Francisco recebe peregrinos da comunidade do Sri Lanka em audiência no Vaticano 3

Da redação, com Rádio Vaticano

O Papa Francisco recebeu em audiência, no final da manhã deste sábado, 7, na Basílica vaticana, um grupo de peregrinos da Comunidade do Sri Lanka, presente na Itália, que participou da  Missa celebrada pelo Cardeal Malcolm Ranjith junto com outros Bispos do país.

Em sua saudação aos fiéis cingaleses, que recordam o 75° aniversário da Consagração do Sri Lanka a Nossa Senhora, o Papa destacou que, na época, o conflito mundial causava graves consequências à humanidade; portanto, eles não podiam ter feito escolha melhor que recorrer a um ato de Consagração à Mãe de Deus, que sempre defende seus filhos dos perigos.

Em 1940, durante as dramáticas circunstâncias da Guerra Mundial, o então arcebispo de Colombo, Dom Jean-Marie Masson, prometeu construir um santuário em honra de Nossa Senhora, em Tewate, no Sri Lanka. E o Santo Padre ponderou:

“Queridos irmãos e irmãs, Nossa Senhora está sempre ao nosso lado, nos olha com amor materno e nos acompanha sempre em nosso caminho. Não hesitem em recorrer a ela em todas as necessidades, sobretudo quando sentimos o peso da vida, com todos os seus problemas”.

A sua Pátria, disse ainda o Pontífice aos cingaleses, é chamada “Pérola do Oceano Índico” pelas suas belezas naturais e a sua conformação. Dizem que “a pérola é formada com as lágrimas da ostra”. E o Papa explicou:

“Infelizmente, muitas lágrimas foram derramadas nos últimos anos, por causa dos conflitos internos, que provocaram tantas vítimas e incontáveis prejuízos. Não é fácil sarar as feridas e colaborar com os adversários do passado para construir o futuro, mas é o único meio que nos dá esperança em vista do desenvolvimento e da paz”.

O Bispo de Roma concluiu seu breve pronunciamento aos peregrinos cingaleses assegurando-lhes suas orações, a fim de que o Senhor possa conceder o dom da paz e da reconciliação aos habitantes do Sri Lanka, para que tenham um futuro melhor, com a proteção materna de Maria.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo