window.dataLayer = window.dataLayer || []; function gtag(){dataLayer.push(arguments);} gtag('js', new Date()); gtag('config', 'G-EZJ58SP047'); window.dataLayer = window.dataLayer || []; function gtag(){dataLayer.push(arguments);} gtag('js', new Date()); gtag('config', 'G-EZJ58SP047');

Vaticano

Papa recebe o rei Philippe da Bélgica e a rainha Mathilde

Realeza conversou também com o secretário para Relações com os Estados e Organizações Internacionais do Vaticano, Dom Gallagher

Da redação, com Vatican News

Rei Philippe da Bélgica, rainha Mathilde e o Papa Francisco /Foto: Photographer/IPA via Reuters

O Papa Francisco recebeu em audiência nesta quinta-feira, 14, a Família Real da Bélgica, o rei Philippe e sua consorte, a rainha Mathilde, que depois se encontraram com o arcebispo Paul Richard Gallagher, secretário para as Relações com os Estados e Organizações Internacionais.

Durante as conversações na Secretaria de Estado, informa um comunicado da Sala de Imprensa do Vaticano, “foi expressa a satisfação pelas boas relações entre a Santa Sé e a Bélgica, observando o papel da fé cristã e da Igreja Católica. Em seguida, foram abordadas questões de interesse comum e alguns problemas de natureza internacional, com especial referência à África e à guerra na Ucrânia e o compromisso com a paz entre os povos”.

Troca de presentes

Ao final da audiência com o Santo Padre, houve a costumeira troca de presentes. Francisco deu à realeza belga um baixo-relevo de bronze representando um detalhe da porta central da Basílica de São Pedro; volumes de documentos papais; a Mensagem para a Paz deste ano; o volume sobre o Apartamento da Audiência Papal, editado pela Prefeitura da Casa Pontifícia; o livro sobre a Statio Orbis de 27 de março de 2020, editado pelo LEV. O presente do rei Philippe e da rainha Mathilde para o Papa foi uma obra de cerâmica de um artista belga representando o Bom Pastor.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo