Mensagem do Papa

Papa lamenta mortes nas Bahamas por conta de furacão Dorian

O Secretário de Estado do Vaticano, Cardeal Pietro Parolin, enviou um telegrama de pêsames ao arcebispo de Nassau

Da redação, com Vatican News

Equipes de resgate recolhem corpos de destroços nas Bahamas devastadas pelo furacão / Foto: Reprodução Reuters

O Papa Francisco expressou sua tristeza pela devastação causada pelo furacão Dorian, que atravessou o norte das Bahamas na semana passada. O Pontífice ainda impulsionou a comunidade internacional a fornecer assistência imediata e eficaz para as pessoas afetadas.

A categoria da devastação, que chegou ao nível 5, teve início em 1º de setembro na parte noroeste do arquipélago com ventos que atingiram 354 km/h e ondas de 4 a 7 metros, tornando-se assim o maior ciclone tropical já reportado na região.

Além de toda a devastação, o furacão deixou 44 pessoas mortas.

Escrevendo em nome do Santo Padre, que atualmente segue em sua 31ª viagem apostólica por Moçambique, Madagascar e Maurício, o Secretário de Estado do Vaticano, Cardeal Pietro Parolin, enviou um telegrama de condolências ao Arcebispo Patrick Pinder, de Nassau, capital das Bahamas.

“O Papa Francisco lamentou ao saber do impacto devastador do furacão Dorian nas Bahamas e expressou sua solidariedade espiritual e profunda preocupação pastoral às pessoas afetadas por esta catástrofe”, disse a mensagem que o arcebispo Pinder postou na página da arquidiocese.

Parolin disse ainda que o Santo Padre “oferece orações sinceras para que Deus Todo-Poderoso conceda paz eterna àqueles que morreram e consolo e força aos desabrigados, feridos e àqueles que sofrem.”

“Expressando sua esperança de que a comunidade internacional responderá com assistência efetiva e eficaz”, continua a mensagem, “Sua Santidade invoca todos os envolvidos neste trabalho árduo de alívio e reconstrução o Senhor, que dá força e perseverança generosa no serviço de seus irmãos e irmãs.”

O Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) lançou um pedido de ajuda urgente no valor de US$ 4 milhões em resposta à ajuda humanitária imediata aos mais necessitados, sejam crianças e famílias nas Bahamas, incluindo o acesso à água potável, saneamento básico, nutrição, apoio psicossocial e atividades de educação não formal.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo
Aplicativo Canção Nova