Em junho, intenções de oração do Papa são pelos desempregados

Além dos desempregados, Francisco também recomenda orações pela crise religiosa na Europa

André Cunha
Da redação

Para o mês de junho, as intenções de oração do Papa Francisco estão em torno dos desempregados e da crise religiosa na Europa.

O Pontífice pede a todos que rezem para que os desempregados consigam o apoio e o trabalho de que necessitam para viver com dignidade.

Em uma mensagem dirigida à Organização Internacional do Trabalho, o Papa Francisco reconhece que o desemprego está expandindo “tragicamente” as fronteiras da pobreza. Segundo o Papa, este fator é desanimador especialmente para os jovens desempregados.

Neste sentido, disse Francisco: “Esforçando-nos para aumentar as oportunidades de emprego, afirmamos a convicção de que ‘no trabalho livre, criativo, participativo e solidário, o ser humano expressa e reforça a dignidade de suas vidas’”

Continente europeu

O Santo Padre também recomenda orações para que a Europa reencontre as suas raízes cristãs através do testemunho de fé dos crentes.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo