Vai de ônibus

Cardeais revelam 'quebras de protocolo' do Papa Francisco

Um homem simples que anda de metrô e faz a sua comida, disse cardeal francês

Daniel Machado
Enviado especial a Roma

O Papa Francisco completou o seu primeiro dia como bispo de Roma e sucessor do apóstolo Pedro. Pela manhã foi à Basílica de Santa Maria Maior confiar o seu ministério à padroeira de Roma e, à tarde, presidiu a Missa de conclusão do Conclave. Alguns cardeais receberam a imprensa para falar do estilo espontâneo do novo Pontífice.

Na parte da tarde, foi o missionário da Canção Nova Frederico Henrique, que acompanhava Dom Odilo Shcherer, quem flagrou uma das quebras de protocolos de Francisco, que preferiu ir de ônibus, junto com os demais cardeais, para a sua primeira missa como Sucessor de Pedro. 

Papa quebra protocolos e vai de ônibus para missa de encerramento do Conclave na Capela Sistina

Papa quebra protocolos e vai de ônibus para missa de encerramento do Conclave na Capela Sistina // Foto: Mons Antonio Luiz Catelan Ferreira

Os cardeais presentes no ônibus levaram um susto quando o Pontífice entrou no veículo e sentou-se ao lado de Dom Raymundo Damasceno, cardeal arcebispo de Aparecida (SP). “Conversamos como conversam dois velhos amigos, já que nós somos conhecidos”, disse Dom Raymundo.

Quebras de protocolos

“Depois de ter saído do balcão da Praça São Pedro, antes de se dirigir para o jantar, começaram a abrir espaço para que ele [Papa] entrasse sozinho no elevador. Ele disse: ‘Mas por que sozinho, se cabemos em tantos, se cabemos todos?’ Então, vários cardeais entraram juntos no elevador com o Papa”, disse o Cardeal Phillipe Barbarin.

Papa Francisco no ônibus com cardeais // Foto: Mons Antonio Luiz Catelan Ferreira

Um Papa simples, próximo de seu povo // Foto: Mons Antonio Luiz Catelan Ferreira

:: FOTOS no Flickr

“Quando se retirou para a residência, onde estavam os cardeias, ele não quis entrar no carro papal; disse que ia junto com os demais para a residência, onde insistiu em pagar as despesas”, disse o Cardeal francês Jean-Pierre Ricard.

Papa Francisco pega ônibus ao invés de carro Papal // Foto: Mons Antonio Luiz Catelan Ferreira

Junto aos Cardeais, Papa Francisco // Foto: Mons Antonio Luiz Catelan Ferreira

“Quando foi pegar a cruz [peitoral], foram-lhe oferecidas outras, mas ele disse: ‘Não, obrigado, prefiro ficar com a minha mesmo”, disse o Cardeal André Vingt-Trois.

“Estávamos todos reunidos enquanto ele estava no balcão, saudando o povo. Descemos, como em outras ocasiões e havia 5 ou 6 ônibus esperando para levar os cardeais de volta à Casa Santa Marta. Via ali o carro do Santo Padre e os segurança, as motocicletas. Pensei: ‘tudo voltou à normalidade’. Quando chega o último ônibus, adivinha quem desce? O Papa Francisco! Imagino ele dizendo ao motorista: “Sem problemas, eu vou com os rapazes de ônibus”, disse o Cardeal americano Timothy Dolan.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo