Igreja na Polônia

Começam comemorações do centenário de nascimento de João Paulo II

Igreja na Polônia abriu as comemorações do centenário do nascimento do Papa Wojtylao com o “Dia do Papa”, promovido há 19 anos pela Fundação “Obra do Novo Milênio”

Da Redação, com Vatican News

Karol Wojtyla nasceu em 18 de outubro de 1920 / Foto: Conferência Episcopal da Polônia

A Igreja Católica na Polônia deu início às comemorações do centenário do nascimento de João Paulo II, celebrado em 18 de outubro. A abertura foi realizada durante Celebração Eucarística, neste domingo, 13, com o tema “Levantem-se! Coloquemo-nos em caminho!”. A comemoração recordou também o 102º aniversário da última aparição de Fátima.

A data foi escolhida devido à comemoração anual do Dia do Papa dedicado a São João Paulo II. A iniciativa é organizada, há 19 anos, pela Fundação da Conferência Episcopal “Dzielo Nowego Tysiaclecia” (Obra do Novo Milênio), que financia os estudos de jovens poloneses de áreas desfavorecidas, como zonas rurais e periferias.

Leia também: 
.: Papa Francisco recorda 41 anos da eleição de João Paulo II como Papa

“Estamos felizes em encorajar não somente os jovens, mas todos a descobrir e aprender o ensino de São João Paulo II. É a ele que devemos, em grande parte, as mudanças que tiveram lugar em nossa pátria. Sua coragem, sabedoria e força de espírito nos ajudaram a mudar a Polônia”, declarou o padre Dariusz Kowalczyk, presidente da Fundação.

Instituída no ano 2000, após a sétima Viagem Apostólica à Polônia de São João Paulo II, em 1999, a Fundação é conhecida não apenas pela organização do “Dia do Papa”, mas também por designar o Prêmio “Totus Tuus”, o lema apostólico do Papa polonês.

Sua área de compromisso mais importante continua a ser a da educação, em particular a promoção de oportunidades educacionais para jovens talentosos com poucos recursos. No Dia do Papa de 2018, a fundação conseguiu arrecadar 1,875 milhão de euros para suas bolsas de estudo.

Neste ano, foram numerosos os eventos organizados em todo o país. O principal deles foi realizado na Igreja da Divina Providência em Varsóvia, com uma Missa presidida pelo cardeal Kazimierz Nycz. “Queremos mostrar João Paulo II aos jovens, sua santidade, a grandeza da oração, o amor pela Igreja e à Bem-aventurada Virgem Maria, assim como seu ministério”, sublinhou o arcebispo da capital em sua homilia.

 

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo