window.dataLayer = window.dataLayer || []; function gtag(){dataLayer.push(arguments);} gtag('js', new Date()); gtag('config', 'G-EZJ58SP047'); window.dataLayer = window.dataLayer || []; function gtag(){dataLayer.push(arguments);} gtag('js', new Date()); gtag('config', 'G-EZJ58SP047');

Dom Fernando, em plenária, apresenta balanço do Congresso Eucarístico

Na manhã do terceiro dia da 60ª Assembleia Geral da CNBB, durante a atualização das Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil, houve uma plenária junto ao Arcebispo de Olinda e Recife sobre o  18º Congresso Eucarístico Nacional ocorrido no ano passado

Mauriceia Silva,
Enviada a Aparecida

Plenária da 60º Assembleia Geral dos Bispos do Brasil / Foto: Mauriceia Silva (CN)

Na manhã desta sexta feira, 21, terceiro dia da 60ª Assembleia Geral dos Bispos, houve uma plenária sobre o Congresso Eucarístico Nacional na parte da manhã. A 18ª edição do Congresso ocorreu em Recife (PE), de 11 a 15 de Novembro de 2022, e teve como tema “Pão em todas as mesas,” e lema “Repartiam o pão com alegria e não havia necessitados entre eles.”

O Arcebispo de Olinda e Recife, Dom Fernando Saburido, foi o bispo anfitrião do evento em Recife. Em entrevista exclusiva ao noticias.cancaonova.com, o prelado falou sobre o legado do Congresso e sobre os temas discutidos na plenária. 

Leia mais
.: Santa Missa abre 18º Congresso Eucarístico Nacional em Recife (PE)

“Foi um Congresso que preencheu muito a nossa vida, a vida da Arquidiocese do regional Nordeste 2, do Brasil inteiro. Agora, na Assembleia, tivemos a oportunidade de apresentar aquilo de que de fato aconteceu em Recife,” comemorou o Arcebispo. “Apresentamos um vídeo de 13 minutos com os principais momentos do Congresso. Entregamos um exemplar a cada bispo, dos anais do Congresso, com todas as conferências, palestras, tudo o que aconteceu — inclusive com tudo que aconteceu antes do Congresso”, reiterou. 

Dom Fernando explicou que durante a plenária foi feita uma prestação de contas, pois houve uma coleta nacional. “Então a gente vai prestar contas de como foram utilizados os nossos recursos do Congresso, e entregar uma réplica da cruz de Dom Hélder para aqueles que não foram, que agora terão a oportunidade de receber”.

Dom Fernando Saburido. Arcebispo de Olinda e Recife / Foto: Mauriceia Silva (CN)

Legado do Congresso

O Arcebispo de Olinda e Recife explicou que o grande legado do Congresso foi a Casa do Pão. “É uma casa que está instalada no centro da cidade, na Rua do Imperador. É um serviço aos pobres, às pessoas em situação de rua. A casa está funcionando maravilhosamente bem prestando vários serviços à população carente e isso vai ficar realmente na história do Congresso e na história de Recife”, disse.

Recife como sede do Congresso Eucarístico pela segunda vez

“Já é a segunda vez que Recife tem essa graça”, lembrou Dom Saburido e recordou a edição anterior.  “A primeira vez foi em 1939, que foi o 3º Congresso Eucarístico, e agora o 18º Congresso, de modo que Recife está muito marcada pelos Congressos Eucarísticos. E que venha o próximo, a terceira oportunidade, se Deus quiser, de quem sabe sediar um novo Congresso”.

Balanço do Congresso

Segundo Dom Fernando, o balanço do Congresso foi positivo. “Todo mundo ficou muito contente, uma multidão estava lá em Recife participando do Congresso”.

O Arcebispo afirmou escutar que o Congresso ajudará muitas pessoas a crescerem do ponto de vista espiritual num amor maior à eucaristia. “Sobretudo direcionando a Eucaristia à vida prática, à vida social, à preocupação com o outro, em fazer comunhão com os irmãos, por isso mesmo que o tema do Congresso foi ‘Pão em todas as mesas’, para podermos então fazer esse elo entre Eucaristia e as necessidades sociais”, concluiu.  

 

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo