window.dataLayer = window.dataLayer || []; function gtag(){dataLayer.push(arguments);} gtag('js', new Date()); gtag('config', 'G-EZJ58SP047'); window.dataLayer = window.dataLayer || []; function gtag(){dataLayer.push(arguments);} gtag('js', new Date()); gtag('config', 'G-EZJ58SP047');

Pandemia

Papa Francisco doa 4 mil testes de covid à cidade de Roma

Testes para detectar o coronavírus serão utilizados em pessoas sem moradia fixa da cidade de Roma

Da redação, com Vatican News

Também neste Natal, o Papa Francisco voltou a pensar nos ‘pequenos’, no povo vulnerável de Roma, com um gesto concreto. Graças ao empenho da Esmolaria Apostólica, em colaboração com o Instituto de Medicina Solidária, o IFO San Gallicano e um acordo com Roma Capitale, O Pontífice quis que os 4000 testes de covid, presente da Eslovênia – fossem destinados aos sem-teto do capital.

O agradecimento ao Papa e ao esmoler pontifício

Um sincero agradecimento ao Papa Francisco partiu do Instituto de Medicina Solidária Onlus (IMES), que há mais de 17 anos está empenhado no combate às doenças da pobreza e na melhoria do acesso à saúde para as pessoas socialmente desfavorecidas.

A gratidão é também para o esmoler pontifício, o cardeal Konrad Krajewski, “por tudo o que foi possível fazer graças a eles para proteger as pessoas mais vulneráveis – diz o comunicado do IMES – incluindo o diagnóstico de Covid, que tornou possível a acolhida em estruturas dedicadas às pessoas que se encontravam na rua”.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo