Crise na Venezuela

Nicolás Maduro agradece Francisco por mensagem de paz

Em reunião no Palácio presidencial, Maduro comentou a mensagem que Francisco lhe enviou por conta da crise na Venezuela

Rádio Vaticano

Nicolás Maduro agradece Francisco por mensagem

“Trata-se de uma mensagem perfeita”, diz Maduro sobre considerações do Papa. (FOTO: Agência Brasil)

 

O Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, agradeceu ao Papa Francisco a mensagem que lhe enviou, há alguns dias, na qual assinala sua “particular apreensão” pela situação no país.

:: Papa aos líderes da Venezuela: favoreçam a reconciliação

Durante um encontro do governo, no Palácio presidencial de Miraflores, em Caracas, com representantes dos diversos setores, no âmbito da “Conferência Nacional para a Paz”, o Presidente venezuelano comentou a Carta do Papa, dizendo: “Trata-se de uma mensagem perfeita. Por isso, convido todos os que se sentam à mesa de trabalho, a ler e a refletir, cada palavra, cada frase da mensagem papal”.

Nicolás Maduro declarou ainda que o Papa enviou a sua mensagem “à alma boa da nossa Pátria e deve ser acolhida plenamente”. “Lutar pela paz – concluiu o Presidente – será cada vez mais difícil, pelo fato de aceitar simplesmente fatos irregulares e violentos”.

Quase um ano após a morte do líder Hugo Chávez, os venezuelanos desceram às ruas das principais cidades da Venezuela para protestar contra o cenário de crise econômica e fazer suas reivindicações sociais. Herdeiro político do chavismo, o presidente Nicolás Maduro enfrenta as primeiras grandes manifestações contra sua administração, que deixaram, desde a metade de fevereiro, 14 mortos, mais de 140 feridos e cerca de 45 detidos.

Francisco se encontrou com Maduro em 17 de junho do ano passado. Durante o encontro, ambos falaram sobre algumas problemáticas atuais do país, como a pobreza, a luta contra a criminalidade e o narcotráfico. [Leia mais]

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo