window.dataLayer = window.dataLayer || []; function gtag(){dataLayer.push(arguments);} gtag('js', new Date()); gtag('config', 'G-EZJ58SP047'); window.dataLayer = window.dataLayer || []; function gtag(){dataLayer.push(arguments);} gtag('js', new Date()); gtag('config', 'G-EZJ58SP047');

Íntegra

Mensagem do Papa à Sexta Jornada de Jovens da Lituânia - 30/06/2013

Mensagem do Papa à Sexta Jornada de Jovens da Lituânia - 30/06/2013MENSAGEM
Mensagem do Papa Francisco aos jovens reunidos para a “Sexta Jornada dos Jovens” da Lituânia (28-30 de junho) em Kaunas
Domingo, 30 de junho de 2013

Boletim da Santa Sé
Tradução: Jéssica Marçal

Queridos jovens lituanos!

Tenho o prazer de fazer-me espiritualmente presente em meio a vós e de dirigir-vos a minha afetuosa saudação por ocasião da “Sexta Jornada dos Jovens”, que lhes traz reunidos tão numerosos em Kaunas. Um particular pensamento dirijo a quantos entre vós estão percorrendo o caminho da plena dedicação a Deus no sacerdócio e na vida consagrada, como também a todos aqueles que estão comprometidos no serviço dos últimos através das múltiplas formas de voluntariado. Saúdo e agradeço os vossos Pastores, que programaram estes dias especiais de oração e de reflexão, centrados no tema “Chamei-vos amigos” (Jo 15, 15).

Propriamente partindo desta palavra do Senhor, gostaria de oferecer-vos breves pensamentos para o vosso crescimento espiritual e a vossa missão dentro da Igreja e no mundo. Jesus quer ser amigo de vocês, vosso irmão, mestre de verdade e de vida que revela a vocês o caminho a percorrer para alcançar a felicidade, a realização de vocês mesmos segundo o plano de Deus sobre cada um de vocês. E esta amizade de Jesus, que nos leva à misericórdia, ao amor de Deus, é “gratuidade”, dom puro. Ele não vos pede nada em troca, pede-vos somente para acolhê-la. Jesus quer amar-vos pelos que vocês são, mesmo nas vossas fragilidades e fraquezas, para que, tocados pelo seu amor, vocês possam ser renovados.

O encontro com o amor de Deus na amizade de Cristo é possível, antes de tudo, nos Sacramentos, em particular a Eucaristia e a Reconciliação. Na Santa Missa nós celebramos a memória do sacrifício do Senhor, o seu doar-se totalmente para a nossa salvação: ainda hoje Ele realmente doa o seu corpo por nós e derrama seu sangue para redimir os pecados da humanidade e fazer-nos entrar em comunhão com Ele. Na Penitência, Jesus nos acolhe com todos os nossos limites, leva-nos à misericórdia do Pai que nos perdoa, e transforma o nosso coração, tornando-o um coração novo, capaz de amar com Ele, que amou os seus até o fim (cfr Jo 13, 1). E este amor manifesta-se na sua misericórdia. Jesus sempre nos perdoa.

Outro caminho privilegiado para crescer na amizade com Cristo é a escuta da sua Palavra. O Senhor nos fala no íntimo da nossa consciência, fala-nos através da Sagrada Escritura, fala-nos na oração. Aprendam a permanecer em silêncio diante Dele, a ler e meditar a Bíblia, especialmente os Evangelhos, a dialogar com Ele todos os dias para sentir a sua presença de amizade e de amor. E aqui gostaria de destacar a beleza de uma oração contemplativa simples, acessível a todos, grandes e pequenos, cultos e pouco instruídos; é a oração do Santo Rosário. No Rosário nós nos dirigimos à Virgem Maria para que nos guie a uma união sempre mais estreita com o seu Filho Jesus para estarmos de acordo com Ele, ter os seus sentimentos, agir como Ele. No Rosário, na verdade, repetindo “Ave Maria”, nós meditamos os Mistérios, os acontecimentos da vida de Cristo para conhecê-Lo e amá-Lo sempre mais. O Rosário é um instrumento eficaz para abrir-nos a Deus, porque nos ajuda a vencer o egoísmo e a levar a paz nos corações, nas famílias, na sociedade e no mundo.

Queridos jovens, o amor de Cristo e a sua amizade não são uma ilusão – Jesus na Cruz mostra o quanto são concretos – nem são reservados a poucos. Vocês encontrarão esta amizade e experimentarão toda a fecundidade e a beleza se as buscarem com sinceridade, vocês se abrirão com confiança a Ele e cultivarão com compromisso a vossa vida espiritual aproximando-se dos Sacramentos, meditando a Sagrada Escritura, rezando constantemente e vivendo intensamente na comunidade cristã. Sintam-se parte da Igreja, comprometidos com a evangelização, em união com os irmãos na fé e em comunhão com os vossos Pastores. Não tenham medo de viver a fé! Sejam testemunhas de Cristo nos vossos ambientes cotidianos, com simplicidade e coragem. A quem encontrarem, aos vossos pares, saibam mostrar, sobretudo, a Face de misericórdia e de amor de Deus, que sempre perdoa, encoraja, dá esperança. Estejam sempre atentos aos outros, especialmente às pessoas mais pobres e mais frágeis, vivendo e testemunhando o amor fraterno, contra todo egoísmo e fechamento. O vosso Patrono São Casimiro vos ajude a buscar e a levar Cristo sem nunca se cansarem. Seja para vocês um apoio nesse caminho a presença materna de Maria, e acompanhe-vos a minha benção, que de coração concedo a todos vocês, estendendo-a a toda a Lituânia.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo