window.dataLayer = window.dataLayer || []; function gtag(){dataLayer.push(arguments);} gtag('js', new Date()); gtag('config', 'G-EZJ58SP047'); window.dataLayer = window.dataLayer || []; function gtag(){dataLayer.push(arguments);} gtag('js', new Date()); gtag('config', 'G-EZJ58SP047');

Em homilia, Papa diz não à idolatria ao dinheiro

Santo Padre destacou o mal que nasce a partir dessa idolatria ao dinheiro

Da Redação, com Rádio Vaticano

Em homilia, Papa diz não à idolatria ao dinheiroNa Missa desta sexta-feira, 20, na Casa Santa Marta, Papa Francisco refletiu sobre a idolatria ao dinheiro. Ele disse que o dinheiro torna doente o pensamento e a fé e faz seguir por outros caminhos. E a partir dessa idolatria ao dinheiro, segundo destacou, nascem maus como a vaidade e o orgulho.

“Não se pode servir Deus e o dinheiro”. A homilia do Papa desenvolveu-se a partir das palavras de São Paulo sobre a relação entre o caminho de Jesus Cristo e o dinheiro. Ele comentou como o poder do dinheiro acaba por afastar da fé, até mesmo enfraquecê-la e fazer o homem perdê-la.

A escolha pelo caminho do dinheiro, disse o Papa, acaba por transformar o homem em um corrupto. Ele explicou que o dinheiro tem esta sedução de levar o homem a escorregar em sua perdição. Então Francisco lembrou que Jesus foi bem enfático quanto a este tema.

“‘Não pode servir Deus e o dinheiro’. Não se pode: ou um ou outro! E isto não é comunismo, né! Isto é Evangelho puro! Estas são as palavras de Jesus! O que acontece com o dinheiro? O dinheiro nos oferece um certo bem estar no início. Mas, tudo bem… Depois você se sente um pouco importante e vem a vaidade. Lemos no Salmo que vem esta vaidade. Esta vaidade que não serve, mas você se sente uma pessoa importante: aquela é a vaidade. E da vaidade à soberba, ao orgulho. São três passos: a riqueza, a vaidade, o orgulho”.

Francisco destacou então que ninguém pode salvar-se com o dinheiro, mas o diabo sempre toma este caminho de tentação. Ele explicou que embora não haja nos 10 Mandamentos um específico que fale do dinheiro, fere-se o primeiro Mandamento quando se exerce uma idolatria ao dinheiro.

“Pecas por idolatria! Eis o porquê: porque o dinheiro se transforma em ídolo e você faz culto a ele! E por isto Jesus diz: ‘Não pode servir ao ídolo dinheiro e a Deus Vivo: ou um ou outro’”, disse.

Concluindo a homilia, o Papa recordou como São Paulo dizia para evitar estas coisas e tender sempre à justiça, à piedade, à fé, à caridade e à paciência, contra a vaidade e o orgulho. “Este é o caminho de Deus, não aquele do poder idolátrico que parte do dinheiro. E a humildade é o caminho para servir Deus. Que o Senhor ajude todos nós a não cair na armadilha da idolatria ao dinheiro”.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo