Congregação dos Cardeais

Colégio dos Cardeais se reúne para a 1ª Congregação Geral

Daniel Machado
Enviado especial a Roma

Os cardeais que se encontram em Roma já estão reunidos para a 1ª Congregação Geral, nesta segunda-feira, 4, na Sala do Sínodo dos Bispos, no Vaticano. Trata-se do primeiro encontro oficial do Colégio Cardinalício que pode, desde já, tratar de assuntos importantes, refletir sobre os desafios enfrentados pela Igreja Católica no mundo, o perfil do novo Papa, entre outros.

Os cardeais começaram a chegar por volta das 9h (horário de Roma – 5h no Brasil), para a primeira reunião, que teve início às 9h30. Na parte da tarde, por voltas das 17h (horário local), está prevista uma segunda congregação que continuará fazendo as devidas reflexões.

Cardeais chegam para primeiro encontro no Vaticano. Foto: Clarissa Oliveira - CN Roma

Cardeais chegam para primeiro encontro no Vaticano. Foto: Clarissa Oliveira – CN Roma

Segundo a Constituição Universi Dominici Gregis, redigida por João Paulo II e que trata da vacância da Sé Apostólica e da eleição do Sumo Pontífice, estas congregações devem acontecer, diariamente, desde o dia que foram estabelecidas pelo Camerlengo. Elas ouvem o parecer do Colégio Cardinalício, transmite as informações necessárias e permite que cada cardeal exprima sua opinião sobre assuntos pertinetes à Igreja, além de definir a data do Conclave.

Nas reuniões oficiais que antecedem o Conclave, também os cardeais não votantes, ou seja, os que possuem mais de 80 anos, podem participar e fazer suas intervenções. Segundo a mesma Constituição, os cardeais também devem prestar juramento de segredo.

Ainda não se sabe o número exato de cardeais que chegaram a Roma para os trabalhos das congregações preparatórias, no entanto, é necessário que todos os votantes estejam presentes para que o Conclave seja iniciado.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo