Às portas do Conclave

Fumaças das votações do Conclave sairão às 8h e às 15h

Cardeais se transferem para o Vaticano, às 3h (7h em Roma), do dia 12 de março.

Mirticeli Medeiros
Enviada especial a Roma

Os 115 cardeais eleitores se transferirão para o Domus Santa Marta (local que hospeda os cardeais durante o Conclave), às 3h (7h em Roma) da próxima terça-feira, 12. A informação foi divulgada, oficialmente, pelo porta-voz do Vaticano, padre Federico Lombardi, na manhã deste sábado, 9. Além disso, está prevista para as 8h e as 15h (horário brasileiro, às 12h e 19h em Roma) – com a possibilidade de variação de uma hora a menos caso as votações sejam concluídas antecipadamente – a produção da famosa fumaça que sai da chaminé, localizada no teto da Capela Sistina, após a conclusão de cada votação do Conclave.

Cardeais se transferem para o Vaticano na manhã do dia 12 de março

Cardeais se transferem para o Vaticano na manhã do dia 12 de março.

No primeiro dia de Conclave, 12, os cardeais seguirão a seguinte programação:

Às 6h (10h em Roma), é celebrada a Missa Pro Eligendo Pontifice, a qual abre oficialmente os trabalhos do Conclave.

Às 11h45 (15h45 em Roma), os cardeais saem do Domus Santa Marta e se dirigem ao Palácio Apostólico.

Às 12h30 (16h30 em Roma), os cardeais fazem a procissão da Capela Paulina, localizada no Palácio Apostólico até a Capela Sistina.

Às 12h45 (16h45 em Roma), acontece o juramento e, logo em seguida, o Extra Omnes, por meio do qual é dada a ordem para que somente os cardeais eleitores permaneçam no local.

Logo em seguida, será realizada uma reflexão presidida pelo Cardeal Prospech Grech e, depois, a primeira votação.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo