Devoção mariana

Círio de Castanhal reúne mais de 250 mil romeiros

A Romaria 2011 de Nossa Senhora de Nazaré, realizada na manhã de domingo, 16, no município paraense de Castanhal, contou com a presença do arcebispo do Rio de Janeiro (RJ), dom Orani João Tempesta.

A 13ª edição da Romaria em honra da Rainha da Amazônia, já considerada a maior no interior do estado do Pará, reuniu mais de 250 mil fiéis, provenientes dos 25 municípios que compõe a diocese de Santa Maria Mãe de Deus, de Castanhal.

Feliz por voltar ao estado do Pará, dom Orani presidiu, sob forte sol, a celebração eucarística na esplanada da Catedral de Santa Maria Mãe de Deus, construída próxima ao monumento do Cristo Redentor, na Avenida Major Wilson.

“Estou feliz por compartilhar com todos essa belíssima festa em honra de Nossa Senhora de Nazaré. Vocês me ensinaram, por ocasião de minha presença no Pará, ter muito carinho com a mãe de Jesus. É uma experiência marcante, que trago no coração, na minha vida. Por isso, o testemunho de fé de vocês é um grande sinal para o mundo, de um povo que, com Maria, são discípulos de Jesus Cristo e tem o coração abrasados pelo amor de Deus”, afirmou Dom Orani.

2011-10-16_-_Crio_de_Castanhal_5A celebração teve início às 7h, após a chegada da imagem de Nossa Senhora de Nazaré, já com seu novo manto, que veio acompanhada por fiéis da vizinha Matriz de São José, depois de uma vigília de orações e a alvorada com fogos de artifício. No novo manto, de cor branca, um resumo, com letras douradas, do decreto da dedicação da Catedral, realizada no último dia 27 de fevereiro.

Nas palavras de acolhida, o bispo de Castanhal, dom Carlos Verzeletti agradeceu a presença de dom Orani, recordando a sua ligação com a porção do povo de Deus presente na região do nordeste paraense, enquanto arcebispo de Belém. Ainda, de suas visitas às comunidades paroquiais, se apresentando e, ao mesmo tempo, se despedindo dos fiéis.

“O senhor, que faz parte da história dessa diocese, está em nossos corações, em nossas orações. Alegres pela solicitude ao nosso convite, agradecemos sua presença. Em sinal de unidade, pedimos a Deus que abençoe o seu pastoreio à frente da Igreja do Rio de Janeiro, ainda mais agora, com o grande desafio de preparar a Jornada Mundial da Juventude”, disse dom Carlos.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo