Vetada

Argentina proíbe a liberação do aborto até a 14ª semana de gestação

Os argentinos esperaram até a madrugada de hoje para a decisão do Senado sobre a lei que pedia a liberação do aborto até a décima quarta semana de gestação. Apesar do clima tenso do lado de fora, os parlamentares votaram pela proibição da prática no país.

Reportagem e imagens de Thiago Tibúrcio

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo
ABORTO