Gruta das Aparições

Santuário de Lourdes, na França, foi reaberto nesta segunda-feira

O Santuário de Nossa Senhora de Lourdes, na França, foi reaberto ao público nesta segunda-feira, 23, após o transbordamento do Rio Gave no último sábado, devido às fortes chuvas.

A Gruta das aparições estava sob 1,5m de água, segundo o porta-voz do Santuário, mas graças ao trabalho dos bombeiros, serviços municipais e pessoas da instituição pôde ser reaberta, no início da noite de ontem, aos peregrinos. [Acompanhe movimentação ao vivo]

Devido aos estragos da inundação, as pontes e piscinas estão inacessíveis, assim como o espaço das velas. De acordo com o Bispo de Tarbes e Lourdes, Dom Nicolas Brouwet, a reabertura do Santuário aos peregrinos será progressiva.

Nesta terça-feira, às 21h (hora local), todos os peregrinos poderão participar da tradicional procissão das velas.

Após o Angelus desse domingo, o Papa Bento XVI lamentou as inundações que atingiram o Santuário, provocando danos materiais e obrigando à evacuação de peregrinos, sem deixar feridos.

"Dirijamo-nos àquela que é a rainha de todos os santos, a Virgem Maria, com um pensamento para Lourdes, atingida por uma grave inundação do Gave que alagou a Gruta das Aparições", disse o Papa aos fiéis e peregrinos reunidos na Praça de São Pedro para a cerimônia de canonização de sete beatos.

A gruta de Lourdes, localizada no Sul da França, foi o local onde a Virgem Maria apareceu para a menina Bernadette, então com 14 anos, em 1858. Por ano, o local atrai cerca de 6 milhões de peregrinos.

Veja imagens da inundação na Gruta de Lourdes

 

Comentários

comentários

↑ topo