Ano Novo

Saiba como fazer a revisão de vida e traçar metas para 2014

“Fechado para balanço”. É o que comumente se faz no fim do ano, época favorável para avaliar os 365 dias vividos e traçar novas metas para os dias que virão. O balanço do ano não fica reservado aos economistas ou contadores; muita gente quer fazer uma revisão pessoal de vida e também planejar 2014.

Padre Alessandro Chagas, sacerdote na Diocese de Lorena (SP), fala sobre a melhor forma de preparar-se para o próximo ano. Segundo ele, o primeiro passo, principalmente para os cristãos, é verificar como foi a relação com Deus e com os irmãos durante o ano que terminou, avaliar o grau da espiritualidade, apontar os crescimentos e as metas a serem alcançadas.

“A pessoa deve verificar se aprofundou sua espiritualidade – toda espiritualidade precisa de um caminho de maturidade -, se ela ainda continua infantil na sua fé ou se a desenvolveu. E, consequentemente, uma pessoa que cresce espiritualmente, aprofunda sua espiritualidade e torna-se melhor para as outros também”, afirmou.

As metas, segundo o padre, passam pelo processo de revisão de vida. No entanto, elas devem sempre partir da vontade de Deus. Quando a meta é iluminada por Cristo, disse o padre, Ele a amplia, leva-a ao extremo, à plenitude, àquilo que é o caminho da felicidade.

Mas e quando o planejado não dá certo? Sobre isso, padre Alessandro responde que, às vezes, algumas coisas acontecem por serem “puramente humanas” e não um reflexo daquilo que é vontade de Deus. “Quando a vontade de Deus está em primeiro lugar, tudo concorre para o bem daqueles que O amam”, disse.

Nesse sentido, a dica do sacerdote é fazer com que a Palavra de Deus ilumine suas metas e se questionar: “O que Deus deseja para mim neste ano? O que Ele quer que eu realize? Qual caminho Ele preparou para aprofundar a minha fé, minha existência humana e fraternal?”. “Toda meta deve ser iluminada pela Palavra de Deus!”, reforçou.

De acordo com o padre Alessandro, a principal colaboração humana, neste processo de realização da vontade de Deus, é a abertura de coração. “Nossa Senhora tinha toda uma vida programada, um projeto de vida que era casar com José e constituir a sua família. Mas, a partir do momento que ela se fez aberta para Deus, Ele lhe mostrou um outro caminho e ela pôde dizer com toda a consciência: ‘Faça-se em mim segundo a Tua Palavra’”.

Por isso, conclui o padre, é necessário ter um olhar fixo em Cristo, o Salvador, com a certeza de que Deus sempre tem o melhor para os seus filhos, inclusive quando o planejado não ocorre como se gostaria.

“Às vezes, aquilo que não deu muito certo ou que não funcionou no ano que passou faz parte da minha história de vida. Nós nunca teremos 100% de êxito, teremos nossas quedas, nossas frustrações, mas quando olhamos fixamente para Aquele que veio nos salvar, com certeza, o olhar para o que vem é sempre positivo. Até porque Deus é sempre novidade. Daí a importância de olhar a vida com os olhos de Jesus Cristo, estarmos abertos à vontade de Deus, pois Ele é sempre novidade”.

 

 

Comentários

comentários

↑ topo