Nomeação para o Brasil

Papa nomeia novo bispo para Bom Jesus de Gurgueia (PI)

O Papa Francisco nomeou, nesta quarta-feira, 15, o padre Marcos Antônio Tavoni como bispo da diocese de Bom Jesus de Gurgueia (PI). Até então, ele era pároco da paróquia Cristo Redentor, em Taguatinga Norte (DF).

Padre Marcos vai suceder Dom Ramón López Carrozas, que teve sua renúncia aceita pelo Pontífice por motivo de idade.

O sacerdote nasceu na cidade de São Carlos (SP), em 21 de abril de 1967. É filho de Antônio e Dirce Tavoni. Quando criança, foi acólito na paróquia Santa Izabel da diocese de São Carlos, na qual também exerceu atividades como catequista. Também atuou como funcionário da área acadêmica da Escola de Engenharia da Universidade de São Paulo, por nove anos.

Ingressou no Seminário Diocesano de São Carlos, em 1989, e cursou os dois primeiros anos de Filosofia. Mudou-se para Brasília (DF) para prosseguir com os estudos, concluindo a Filosofia e a Teologia no Seminário Maior Arquidiocesano. Recebeu espiritualidade e formação missionária no Seminário “Redemptoris Mater”, integrando a primeira turma.

Foi ordenado presbítero, em 30 de novembro de 1996, pelo então cardeal dom José Freire Falcão. O trabalho missionário é marca de sua trajetória sacerdotal. Quando seminarista, participou de uma missão itinerante na Amazônia e nas capitais Belém (PA), Manaus (AM) e Porto Velho (RO).

Missão

Exerceu seu ministério, por muitos anos, como missionário na arquidiocese de Palmas (TO), na qual, desde 1997, desempenhou as funções de pároco, professor, ecônomo e reitor do Centro de Evangelização e do Seminário Interdiocesano. Dedicou-se à direção da Casa de Marta, a qual desenvolve atividades de reintegração à sociedade de jovens adolescentes grávidas. Foi um dos primeiros professores da Escola Diaconal São Lourenço. Coordenou a Comissão que elaborou o primeiro Diretório de Iniciação Cristã.

Também atuou como secretário do Conselho Presbiteral por dois períodos e vigário episcopal da região São Pedro de 2007 a 2008. Na vacância da arquidiocese de Palmas, esteve como secretário do Colégio Consultivo, entre outras atividades no Conselho Ampliado de Pastoral e coordenador da Pastoral da Comunicação. Padre Marcos é um dos precursores do Caminho Neocatecumenal no Estado do Tocantins.

Comentários

comentários

↑ topo