Papa e os jovens

Jornada Mundial da Juventude 2011: inscrições estão abertas

As inscrições para a Jornada Mundial da Juventude (JMJ) 2011 foram abertas na manhã desta quinta-feira, 1º, logo após uma coletiva de imprensa que apresentou o sistema de gerenciamento do processo.

O Papa Bento XVI foi inscrito como primeiro participante da JMJ, que acontecerá em Madri (Espanha), de 16 a 21 de agosto do próximo ano.

Acesse
.: Inscreva-se na JMJ 2011
.: Tire suas dúvidas sobre a JMJ
.: O que é a Jornada Mundial da Juventude?

O coordenador-geral e bispo auxiliar de Madri, Dom César Franco, destacou: "O registro é importante porque queremos tratar bem os jovens e, para isso, necessitamos saber quantos virão, quantos necessitam de alojamento, refeições ou espaços culturais, para cobrirmos suas necessidades".

A inscrição na JMJ é online, acessível 24 horas por dia e de qualquer parte do mundo. O sistema pode ser utilizado em cinco idiomas (espanhol, inglês, francês, italiano e polonês) e conta com suporte telefônico 24 horas em inglês e espanhol.

A participação nos atos principais da JMJ é gratuita. A inscrição supõe um dos pilares da organização e do financiamento deste evento. Segundo dados de Jornadas anteriores, as contribuições dos jovens cobrem dois terços dos gastos necessários de cada JMJ. Um dos objetivos de Madri 2011 é conseguir que 40% dos participantes se inscreva, em contraste com o habitual 25% das Jornadas precedentes.

A solidaridade é outra das grandes bases da inscrição na JMJ. Cada participante pode adicionar 10 euros ou mais à sua colaboração como contribuição para o Fundo de Solidariedade: "As Jornadas são para todo mundo, não somente para ricos. Quem tem mais possibilidades econômicas tem de ajudar os outros: a solidariedade é a chave da JMJ", ressaltou Dom Franco.

Assista ao vídeo oficial da JMJ 2011

Leia mais
.: Jornada Mundial da Juventude 2011: assista vídeo de apresentação
.: JMJ e visitas do Papa terão apoio do governo, garante Zapatero
.: Comissão vaticana aprova hino da JMJ 2011
.: Papa recebe boné comemorativo à JMJ 2011
.: Assista: Encontro do Papa com jovens na Praça de São Pedro
.: "Somos chamados à eternidade", recorda Papa aos jovens
.: Próxima Jornada Mundial da Juventude pode ser no Brasil, diz bispo

Inscrições

Foi anunciada a intenção de inscrever cerca de 600.000 jovens de outros países: 120.000 italianos, 70.000 franceses, 50.000 poloneses e 25.000 norte-americanos, segundo dados das organizações locais. Se esses números se confirmarem, será uma participação recorde, que confirmaria o grande atrativo artístico, cultural e turístico que agrega Madri à JMJ.

O registro pode ser feito segundo quatro perfis: individual, grupos, autoridades e jornalistas. O registro dos jovens foi classificado segundo critérios temporais – semana completa ou final de semana- e de serviços – alojamento e refeições proporcionados pela organização. Além disso, foi estabelecida uma tripla classificação de países, segundo a qual colaboram mais os que provêm de países em melhores condições.

O valor das colaborações variam entre os 210 euros – que paga um jovem de um país desenvolvido para toda a semana da JMJ com alojamento e refeições – e os 30 euros – valor cobrado dos provenientes de países menos favorecidos e que permaneçam apenas durante o final de semana, sem alojamento ou refeições. Os pagamentos efetuados antes de 31 de março de 2011 têm um desconto de 5%.

A inscrição de grupos suporá a modalidade da maioria, como já ocorreu nas outras Jornadas. Estima-se que se registrarão mais de 125.000 grupos, com um tamanho médio de 15 a 20 pessoas. Os grupos mais numerosos passaram das 1.000 pessoas. As inscrições de grupos ou de pessoas individualmente supõem 80% dos registrados nas JMJ.

Todas as modalidades de inscrição incluem seguro de acidentes, transporte público durante a semana da JMJ, mochila – com camiseta, boné, guia de Madri, livro para as cerimônias e outros utensílios -, entrada gratuita às atividades culturais e acesso prioritário para os registrados às zonas reservadas nos atos principais.

Expectativa

O programa de inscrições foi financiado pela Fundación Madrid Vivo, que conseguiu o apoio de várias empresas e instituições espanholas neste projeto, entre as quais encontra-se a Fundación Marcelino Botín e o Banco Santander. Para o secretário-geral da Fundação Madrid Vivo, "a JMJ é o único evento de caráter mundial que se celebrará na Espanha nos próximos anos, e permitirá demonstrar a capacidade organizativa de nosso país".

A JMJ de Madri doará o sistema ao Vaticano, que poderá utilizá-lo nas próximas JMJ. O diretor-geral da Fundación Marcelino Botín, Íñigo Sáenz de Miera, destacou que "a JMJ é uma oportunidade de gerar riqueza cultural, espiritual e econômica, em um momento no qual – ninguém deixa de percebê-lo – necessitamos".

Por parte do Grupo Santander, interveio Juan Manuel Cendoya, que ressaltou que a "JMJ gerará um impacto econômico de valor e dimensão enormes" para Madri e para a sociedade espanhola, e que muitas empresas esperam participar no acontecimento.

A programação do sistema de inscrições foi desenvolvida por ISBAN, uma empresa tecnológica do Grupo Santander, e envolve mais de 100 pessoas neste projeto. "O programa supõe a compilação do melhor dos melhores sistemas de registro das grandes multinacionais, bem como um acréscimo de inovação", afirmou o diretor de ISBAN, Javier Martínez.

Siga o Canção Nova Notícias no twitter.com/cnnoticias

Conteúdo acessível também pelo iPhone – iphone.cancaonova.com

Comentários

comentários

↑ topo