Missões

Igreja celebra mês missionário sob luz de mensagem do Papa

A Igreja Católica celebra em outubro o Mês Missionário. Merece destaque o terceiro domingo deste mês, em que se celebrará o 82º Dia Mundial das Missões, este ano com o lema "Servos e apóstolos de Jesus Cristo", escolhido por Bento XVI.

O Papa aproveita a sua mensagem para o Dia Mundial das Missões 2008 para lançar um olhar preocupado sobre o panorama internacional: "Se por um lado mostra um grande desenvolvimento econômico e social, por outro oferece-nos fortes preocupações sobre o futuro do próprio homem".

Neste 82º Dia Mundial das Missões, o Papa lembra que "o mandato missionário continua a ser uma prioridade absoluta para todos os batizados, chamados a ser "servos e apóstolos de Cristo neste início de milênio".

"Enquanto permanece necessária e urgente a evangelização em muitas regiões do mundo, diminui o clero e faltam vocações. Fatos que afligem hoje várias dioceses e institutos de vida consagrada. É importante confirmar que, na presença de crescentes dificuldades, o mandato de Cristo de evangelização, permanece como prioridade", diz a mensagem.

Nenhuma razão pode justificar uma "diminuição ou estagnação" nas missões, aponta Bento XVI. Anunciar o Evangelho, afirma o Papa, recordando as palavras de Paulo, "não é um peso, mas uma tarefa e uma alegria".

Bento XVI pede aos religiosos e religiosas que levem o "anúncio do Evangelho a todos, especialmente aos que estão longe, com um testemunho coerente com Cristo e uma opção radical pelo Evangelho". Aos leigos, pede "empenho no testemunho num areópago complexo e multiforme da evangelização: o mundo".

Bento XVI lembra ainda o contributo que as Obras Missionárias Pontifícias (OMP) para as ações evangelizadoras da Igreja. O Papa convida a intensificar "sempre e mais a oração entre os cristãos, medida indispensável para difundir a luz de Cristo às pessoas".

 

Comentários

comentários

↑ topo