Vivência da Quaresma

Dom Alberto comenta nova edição do Retiro Popular

Há vinte anos, arcebispo de Belém (PA) reúne no livro orientações para bem viver a Quaresma

Jéssica Marçal
Da Redação

dom alberto_coletiva retiro popular

Dom Alberto Taveira, arcebispo de Belém (PA) / Foto: Daniel Machado – CN

“A salvação entrou nesta casa” é o título que norteia o Retiro Popular 2014. O livro constitui uma espécie de roteiro com sugestões de como bem viver o período da Quaresma, preparando-se para a Semana Santa.

Em entrevista coletiva neste domingo, 16, o autor do livro, Dom Alberto Taveira Correa, Arcebispo de Belém (PA), comentou que a iniciativa deste ano surgiu da insistência daquilo que o Papa Francisco tem falado: Deus não se cansa de perdoar. Assim, o arcebispo parte da figura de Zaqueu, um homem pecador que alcançou a Salvação.

“É como se eu pedisse a Zaqueu para nos tomar pela mão e fazer o caminho conosco, o caminho da Quaresma. A curiosidade dele, a sede de Deus”.

Para Dom Alberto, todas as pessoas podem encontrar seu espaço nesse Retiro Popular, desde as que estão afastadas de Deus até as que fazem um caminho cristão mais profundo. O desejo do arcebispo é que o texto possa contribuir para a transformação de vidas no tempo da Quaresma.

Como um roteiro, o livro é uma espécie de passo a passo de como os fiéis podem viver bem esse tempo de preparação para a Semana Santa. Para isso, traz em seu conteúdo a Palavra de Deus, uma orientação para a oração do Rosário e propostas de jejum. Esses jejuns variam ao longo das semanas da Quaresma e trazem propostas de ações concretas, uma necessidade que também vem sendo enfatizada pelo Papa.

“Para essa semana, nosso jejum propõe algo diferente: o jejum dos passos. É para sair de si mesmo, de sua acomodação e ir ao encontro das pessoas necessitadas, especialmente aquelas que se encontram, como sugere o Papa Francisco, nas periferias, sejam elas sociais, emocionais ou espirituais”, exemplificou o arcebispo, lendo um trecho do jejum proposto para a primeira semana da Quaresma.

Dom Alberto completou que a iniciativa do Retiro Popular, em vigor desde 1992 e publicado pela Editora Canção Nova, é uma experiência carregada de simplicidade. Embora haja os compromissos cotidianos e o tempo escasso no fim do ano, Dom Alberto diz que o retorno das pessoas, o testemunho de quem voltou a participar da Missa, os relatos de pessoas que descobrem a Quaresma, é sempre algo motivador para continuar com esse trabalho, que é um esforço de evangelização.

“Agradeço à Canção Nova por mais esta oportunidade de lançar o Retiro Popular. Desejo que este texto, que se chama ‘A salvação entrou nesta casa’, conduza todos à festa da misericórdia, à festa do encontro com Jesus Salvador. Que a salvação entre na casa e no coração de cada um de nós”, concluiu.

Comentários

comentários

↑ topo