Músicas para atos centrais

Cantores católicos gravam CD da JMJ Rio2013

Uma novidade musical está chegando para aquecer o coração dos jovens na caminhada rumo à JMJ: o CD com as músicas que serão cantadas nas missas da Jornada Mundial da Juventude Rio2013. Alguns dos grandes nomes da música católica brasileira estiveram em estúdio, no dia 17 de dezembro, na gravadora “MZA Music”, para dar início à gravação do CD, que será produzido por Marco Mazzola.

Acesse:
.: Todas as notícias sobre a JMJ Rio 2013

No CD, estão confirmadas as participações dos Padres Fábio de Melo, Reginaldo Manzotti, Omar Raposo, Juarez de Castro, Gleuson Gomes e da Irmã Kelly Patrícia. As músicas serão cantadas em três dos Atos Centrais da JMJ: Missa de Abertura, acolhida do Papa e Missa de Envio.

Além do hino da JMJ Rio2013, estão, entre as canções conhecidas, “Kyrie Eleison”, “Cordeiro de Deus”, “Tantum Ergo”, “A Barca (Pescador de Homens)” e “Jovens Abençoados”, esta última que fez parte do CD “São Sebastião Acolhe a Juventude”, lançado na Trezena de São Sebastião deste ano, Rio de Janeiro.

Na lista de inéditas, estão uma homenagem a Nossa Senhora, uma homenagem ao Papa e uma música composta pelo Padre Fábio de Melo.

Segundo o responsável pelo Setor de Atos Centrais, Padre Renato Martins, com o CD da JMJ Rio2013, o setor quer que o povo brasileiro aprenda as músicas e possa manifestar, durante as celebrações, a alegria e a participação ao cantá-las. “Conseguimos a participação de grandes cantores do Brasil, que fazem a história da música católica brasileira. Buscamos nomes com os quais a juventude vai se identificar. Esperamos que a juventude abrace esse projeto e incentive o povo nas suas paróquias a também cantar, para que, nas missas da Jornada todos possam mostrar ao Papa a face alegre de ser católico”, frisou.

As gravações acontecerão até janeiro de 2013 e a previsão é que o CD seja lançado em março.

Para alguns momentos da Missa de Envio, o Setor de Atos Centrais está preparando surpresas. Uma grande ação será o flash mob, uma aglomeração de pessoas ao mesmo tempo e em um mesmo local, com uma coreografia combinada antecipadamente por mídias sociais. Ele será realizado no final da missa em homenagem ao Papa.

Padre Renato Martins contou que além da coreografia, a missa também terá um coral especial. “Nós queremos trazer a maior representatividade de cantores do Brasil para participar das missas. Nosso coral será de renome e vamos convidar, no máximo, 100 cantores católicos mais conhecidos do país”, disse.

     

Comentários

comentários

↑ topo